Família de brasileira presa na Rússia faz ato por sua libertação em Porto Alegre

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Presa na Rússia desde o dia 19 de setembro sob a acusação de vandalismo, ativista aguarda julgamento

Agência Estado

Familiares e amigos da brasileira Ana Paula Maciel, ativista do Greenpeace presa na Rússia desde o dia 19 de setembro acusada de vandalismo, fazem ato no parque Farroupilha, o mais tradicional de Porto Alegre, neste domingo, 27, pela sua libertação. Alguns cartazes e faixas foram afixados, chamando a atenção para a prisão.

Conheça a nova home do Último Segundo

"Convidamos amigos, tios e primos para transmitir nosso amor e mensagem de esperança a Ana Paula", disse Rosângela Maciel, mãe da ativista. "Tomar chimarrão neste parque é uma das coisas que ela adora fazer quando está em Porto Alegre. Tenho certeza de que, da próxima vez que nos reunirmos aqui, ela estará conosco."

"A acusação de vandalismo é tão absurda quanto a de pirataria. Está claro que nossos ativistas não são nem uma coisa nem outra. Eles são jovens que sonham e lutam de modo pacífico por uma mundo melhor, em que o meio ambiente seja preservado", disse Sérgio Leitão, diretor de políticas públicas do Greenpeace Brasil.

Leia tudo sobre: GreenpeaceRússiaativismoAna Paula Maciel

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas