Bomba mata 18 pessoas a caminho de casamento no leste do Afeganistão

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Violência tem se intensificado no Afeganistão neste ano à medida que a maioria das tropas de combate estrangeiras se preparam para deixar o país até o fim de 2014

Reuters

Uma bomba matou 18 pessoas que viajavam em um ônibus na região leste do Afeganistão, disse uma autoridade do governo local neste domingo. Outras cinco mulheres ficaram feridas, acrescentou. "Eles estavam indo assistir a uma cerimônia de casamento, quando o veículo foi atingido por uma bomba que matou 18, a maioria do sexo feminino, inclusive crianças", disse o porta-voz do governo do Afesganistão Shafiq Nang Safai.

Conheça a nova home do Último Segundo

A violência tem se intensificado no Afeganistão neste ano à medida que a maioria das tropas de combate estrangeiras se preparam para deixar o país até o fim de 2014. O Taleban não assumiu imediatamente a responsabilidade, embora costume negar participação em ataques que matam civis. Contudo, o governo local informou que acredita que o grupo é o culpado.

Aparelhos explosivos improvisados, como essa bomba, são a maior causa de morte no conflito afegão, responsável por mais de um terço das mortes de civis nos primeiros seis meses deste ano, de acordo com relatório da Organização das Nações Unidas (ONU).

Embora bombas às margens da estrada matem civis quase diariamente no Afeganistão, o número de mortos neste domingo foi incomumente alto.

Leia tudo sobre: afeganistãobombacasamento

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas