Ataques a bomba no Iraque matam cerca de 50 pessoas

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Homem-bomba atacou em fila de soldados em banco do governo. Outros carros explodiram pela capital Bagdá

Reuters

Dez carros cheios de explosivos explodiram em áreas predominantemente xiitas muçulmanos em Bagdá e em seu entorno neste domingo (27) e um homem-bomba atacou soldados que estavam em fila para receber seus salários no norte do Iraque, matando 50 pessoas no total, segundo informou a polícia.

Conheça a nova home do Último Segundo

Não houve reivindicação imediata de responsabilidade por qualquer das explosões, mas os xiitas são vistos como apóstatas por islamitas sunitas radicais ligados à Al Qaeda, que têm ganhado espaço este ano.

AP
Carros que explodiram neste domingo em Bagdá


Soldados e pessoal de segurança também são alvos de militantes sunitas que procuram desestabilizar o governo xiita do Iraque.

Domingo passado: Explosão de carro bomba em Bagdá deixa pelo menos 38 mortos

O ataque deste domingo ocorreu no norte da cidade de Mosul, quando um homem dirigindo um carro explodiu do lado de fora de um banco do governo, onde os soldados estavam esperando para recolher seus salários, segundo a polícia. Doze pessoas foram mortas.

Outras 38 pessoas morreram em explosões aparentemente coordenadas em torno de Bagdá. No pior deles, dois carros-bomba explodiram momentos separados perto de um movimentado mercado na cidade de Nahrawan, ao sul da capital, matando sete pessoas.

AP
Menino observa os carros incendiados após explosões deste domingo


Leia tudo sobre: bagdáiraqueexplosões

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas