Tropas da Nigéria matam dezenas de extremistas, diz governo

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Ofensiva teve como alvo os acampamentos do grupo extremista islâmico Boko Haram no Estado de Borno

Reuters

Tropas nigerianas mataram ao menos 74 membros do Boko Haram em uma ofensiva aérea e terrestre, disseram os militares do país nesta sexta-feira (25), em um novo sinal da intensificação das operações contra a seita islâmica fundamentalista.

Conheça a nova home do Último Segundo

Reuters
Soldados realizam uma parada no vilarejo de Baga nos arredores de Maiguri, no Estado de Borno, Nigéria (foto de arquivo)

A ofensiva de quinta-feira teve como alvo acampamentos do Boko Haram nos remotos vilarejos de Galangi e Lawanti, no Estado de Borno, nordeste do país, onde os militantes islâmicos têm presença mais forte.

"A operação, que envolveu um assalto aéreo e terrestre apoiado pela Força Aérea Nigeriana, levou à destruição dos campos de terroristas identificados, matando 74 terroristas enquanto outros fugiam com graves ferimentos", afirmou o tenente-coronel Mohammed Dole, em um comunicado.

Boko Haram: Ataque de grupo islâmico mata 143 na Nigéria

Setembro: Homens armados invadem faculdade e matam nigerianos

Dole disse que dois soldados ficaram feridos. No entanto, em outras ocasiões os militares nigerianos minimizaram suas perdas e as de civis, de acordo com especialistas em segurança.

O Exército disse ter matado 37 militantes em um ataque semelhante na semana passada em uma outra área remota de Borno.

Desde maio, quando o presidente Goodluck Jonathan declarou situação de emergência em três Estados do nordeste do país, as forças de segurança nigerianas vêm intensificando os ataques contra o Boko Haram.

Leia tudo sobre: nigériaboko haramtropassoldadosexército

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas