Leve queda de temperatura e garoa aliviam incêndios florestais na Austrália

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo bombeiros, entretanto, temperaturas devem voltar a subir na quarta; 208 casas foram destruídas

Bombeiros que enfrentam dezenas de incêndios florestais no Estado mais populoso da Austrália conseguiram conter dois dos focos mais preocupantes das chamas nesta terça-feira (22), tentando reduzir a ameaça ao país.

Conheça a nova home do Último Segundo

AP
Bombeiro tenta controlar as chamas perto de casas em Bilpin, 75 quilômetros a oeste de Sidney, Austrália

Havia temores de que três dos focos de incêndios perto das Montanhas Azuis, a oeste de Sidney, se juntassem, formando uma parede de fogo que seria difícil de ser controlada. Então, os bombeiros atacaram primeiro, controlando dois dos incêndios de uma vez.

NYT: Austrália culpa mudança climática por 'verão zangado'

Uma queda nas temperaturas, ventos mais calmos e uma leve garoa dava aos milhares de bombeiros que lutam para controlar as chamas um alívio nesta terça-feira.

Os incêndios mataram um homem, destruiram 208 casas e danificaram outras 122 em New South Wales desde a semana passada, informou o Serviço de Incêndio Rural.

Leia mais:
Onda de calor faz Austrália adotar mais cores na escala de temperatura
Incêndios florestais castigam Austrália em verão com altas temperaturas

O número de pontos de incêndio caíram de 100 da semana passada para 60 nesta terça, com 15 ainda fora de controle, afirmou o porta-voz dos bombeiros Joel Kursawe.

Ainda assim, autoridades afirmaram que a ameaça não poderia ser completamente descartada, uma vez que a temperatura deve voltar a esquentar na quarta-feira.

Com AP

Leia tudo sobre: austráliaincêndioincêndio florestal

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas