Mulher-bomba ataca ônibus de passageiros na Rússia e mata seis

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo agência antiterrorista, 40 passageiros estavam no veículo no momento da explosão na cidade de Volgograd

Investigadores russos afirmaram que uma mulher-bomba atacou um ônibus de passageiros na cidade de Volgograd, ao sul do país, deixando ao menos seis mortos e 32 feridos, das quais oito estavam em situação crítica, de acordo com um comitê federal de investigações.

Conheça a nova home do Último Segundo

AP
Autoridades inspecionam ônibus em Volgograd, Rússia

A agência de notícias ITAR-Tass citou Valery Safonov, uma autoridade ligada à principal agência investigativa do país, dizendo que a suposta mulher-bomba era parceira de um militante. O comitê federal de investigação identificou a suspeita como Naida Asiyalova, de 30 anos, do Daguestão.

A explosão foi causada por um "dispositivo explosivo não especificado", informou o Comitê Nacional Antiterrorista em um comunicado. A agência antiterrorista, que é parte do Serviço Nacional de Segurança, disse que investigadores foram enviados ao local da explosão.

Um total de 40 passageiros estavam no ônibus no momento da explosão, disse Irina Gogolyeva, porta-voz do Ministério de Situações de Emergência. Muitos dos feridos estão hospitalizados em estado grave, segundo informações da agência estatal de notícias ITAR-Tass.

Com AP  e Reuters

Leia tudo sobre: rússiavolgogradônibusataquemulher bomba

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas