Cidadão dos EUA é encontrado morto em prisão do Egito

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Homem foi preso por não cumprir toque de recolher. Morte foi confirmada pelo Departamento de Estado

Reuters

Um cidadão dos Estados Unidos foi encontrado morto em uma prisão egípcia neste domingo, em um aparente suicídio, seis semanas depois de sua prisão por violar um toque de recolher, disseram autoridades locais. 

Conheça a nova home do Último Segundo

Israel encontra túnel subterrâneo na fronteira com a Faixa de Gaza

James Henry Lunn estava detido em Ismailia, a nordeste do Cairo, desde o dia 28 de agosto, perto da fronteira com a Faixa de Gaza. Um representante da embaixada dos EUA disse que um cidadão norte-americano havia morrido como resultado de um aparente suicídio na prisão de Ismailia.

Autoridades egípcias não fizeram nenhum comentário imediato. O Departamento de Estado dos EUA confirmou a morte e disse ter entrado em contato com a família. O órgão também irá prestar assistência consular, incluindo ajuda para repatriar os restos mortais e proteger sua propriedade pessoal.

Leia tudo sobre: egitoeuaprisãotoque de recolher

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas