Primeiro-ministro italiano buscará voto de confiança do Parlamento

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Votação ocorrerá na quarta-feira, dias depois que cinco ministros do partido de Berlusconi anunciaram renúncia

O primeiro-ministro italiano, Enrico Letta, disse que irá ao Parlamento na quarta-feira em busca de um voto de confiança depois que os ministros do partido de centro-direita de Silvio Berlusconi se retirarem de seu governo.

Domingo: Primeiro-ministro italiano deve ir ao Parlamento para sair da crise

AP
Primeiro-ministro da Itália, Enrico Letta, pedirá voto de confiança no Parlamento

Itália: Ministros do partido de Berlusconi renunciam a cargos no governo

Letta afirmou que deseja evitar eleições sob o atual e largamente criticado sistema de votações, que, segundo ele, provocaria mais impasse. O premiê disse que há sinalizações de que dissidentes do partido de Berlusconi poderiam apoiá-lo em um voto de confiança.

"Eu espero que haja uma parte que não esteja de acordo com Berlusconi", disse à televisão estatal RAI.

Presidente da Rússia: Berlusconi não teria sido julgado se fosse gay

Na TV: Berlusconi promete continuar na política mesmo se perder mandato

Condenado: Berlusconi diz ser vítima de acusações sem fundamento

A Itália está mergulhada em uma crise política desde que o ex-premiê Berlusconi foi condenado por crime fiscal no mês passado e sentenciado a quatro anos de prisão, que foram convertidos em um ano de prisão domiciliar e prestação de serviço comunitário.

A condenação causou fúria na centro-direita, culminando no fim de semana na renúncia de cinco ministros da coalizão, além de outros parlamentares.


Leia tudo sobre: itálialettaparlamentovoto de confiançaberlusconi

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas