Desabamento de prédio deixa dezenas de mortos e soterrados na Índia

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Já chega a 50 o número de vítimas fatais, mas ainda se teme que uma dúzia de pessoas estejam nos escombros

Reuters

DANISH SIDDIQUI/REUTERS/Newscom
Prédio não estava em uma lista oficial de edfícios em más condições

Um edifícido de cinco andares desabou nesta sexta-feira (27) em Mumbai, centro financeiro da Índia, deixando dezenas de mortos e soterrando diversas vítimas, em mais episódio que expõe os frágeis padrões da construção civil na terceira maior economia da Ásia. O total de mortos subiu para 50 neste sábado (28) e a expectativa era de que ele aumente ainda mais já que se teme que mais de uma dúzia de pessoas esteja soterrada nos escombros.

Mumbai registra 3º desabamento de prédio em menos de 6 meses

Em abril: Desabamento de prédio na Índia deixa mais de 40 mortos

A causa do desabamento do prédio, onde empregados da Corporação Municipal da Grande Mumbai estavam instalados com suas famílias, ainda é desconhecida. Mas a polícia informou que tinha prendido um homem identificado como uma autoridade municipal que teria alugado uma parte do porão e feito algumas obras que podem ter mudado a estrutura do prédio, que foi construído no início dos anos 1980.

Uma moradora vizinha ao edifício afirmou ter escutado o alto estalo quando o prédio caiu. "Quando a poeira baixou, percebi que o prédio BMC havia desaparecido", disse a vizinha Catherine James à Reuters. Equipes de resgate usavam seis gunidastes para remover os destroços e retiraram dezenas de pessoas das ruínas. Acredita-se que o prédio tinha 35 anos e abrigava cerca de 20 famílias.

"Cinco membros da minha família estavam soterradas. Até agora, dois foram resgatados. Estou rezando a Deus para que os outros também saiam vivos, disse Preeti Pawar, em pé entre a multidão de familiares e curiosos em frente ao local do desabamento.

O prefeito de Mumbai, Sunil Prabhu, disse que o prédio não estava em uma lista oficial de edfícios em más condições. Em abril, um outro prédio desabou matando 72 pessoas em Thane, nos arredores de Mumbai. Autoridade disseram na ocasião que a estrutura do edifício havia sido contruída com materiais de baixa qualidade e não tinha recebido as devidas licenças.

Leia tudo sobre: MUNDOINDIAPREDIOMAISMORTOS

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas