Obama conversa com presidente do Irã por telefone e vê chance de progresso

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

É a 1ª vez em 30 anos que presidentes do Irã e dos EUA dialogam; Rouhani caracteriza EUA como 'grande nação'

O presidente dos EUA, Barack Obama, e presidente do Irã, Hassan Rouhani, conversaram por telefone nesta sexta-feira (27), o primeiro diálogo entre presidentes americano e iraniano em mais de 30 anos. A troca pode refletir um passo importante na tentativa de resolver o impasse na comunidade internacional em relação ao programa nuclear de Teerã. 

Autoridades: Reunião entre Irã e agência nuclear da ONU foi 'construtiva'

AP
Presidente dos EUA, Barack Obama, faz pronunciamento direto da Casa Branca, em Washington


Infográfico: Saiba mais sobre o mundo nuclear

Obama afirmou a repórteres na Casa Branca que ele teve um diálogo construtivo com o líder iraniano. "Embora certamente existirão importantes obstáculos para avançar e o sucesso não seja de forma alguma uma garantia, eu acredito que poderemos alcançar uma solução abrangente", disse.

Obama afirmouque ele e Rouhani direcionaram suas equipes para trabalhar rapidamente em busca de um acordo. Ele afirmou que os EUA coordenarão a empreitada junto a seus aliados - incluindo Israel, que considera a capacidade nuclear iraniana uma ameaça existente.

Em NY: EUA e Irã mantêm encontro de mais alto nível em seis anos

O fato de fazer muito tempo desde que um presidente americano e um iraniano dialogaram pela última vez refletiu a "profunda desconfiança entre os dois países", segundo Obama.Mas ele acrescentou que essa também é uma oportunidade de progresso. "Eu acredito que existe uma base para uma resolução."

Promessas: Irã apresentará na ONU 'face verdadeira' do país

A conversa entre os dois ocorreu horas depois que Rouhani, encerrando uma viagem aos EUA, tenha caracterizado o país como uma "grande" nação, uma profunda diferença em comparação a seus antecessores, o que alimentou as esperanças de que os dois governos possam reduzir as tensões.

Rouhani: Presidente do Irã faz apelo por 'total eliminação' das armas nucleares

Na ONU: ‘Paz está ao alcance’, diz presidente do Irã em primeiro discurso

"Eu quero que essa viagem seja um primeiro passo, um começo para relações melhores e construtivas com países do mundo bem como um primeiro passo para uma melhor relação entre as duas grandes nações do Irã e dos Estados Unidos da América", disse Rouhani em uma coletiva concendida em um hotel perto da sede da ONU, em Nova York.

EUA: 'Caminho diplomático com Irã deve ser testado', diz Obama na ONU

Desconfiança: 'Mundo não deve se enganar com palavras suaves do Irã'

Rouhani prometeu diminuir as tensões relativas ao seu programa nuclear, e autoridades da ONU afirmam que enxergam sinais encorajadores de Teerã. Autoridades iranianas e da ONU concordaram em se encontrar novamente em 28 de outubro para prosseguir os diálogos sobre as investigações em relação às suspeitas de que o Irã tem trabalhado secretamente para tentar desenvolver armas nucleares. Teerã nega as acusações e afirma que seu programa nuclear tem fins pacíficos.

Leia tudo sobre: rouhaniobamatelefoneirãprograma nucleararmas nucleareseua

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas