Bush pai é testemunha de casamento gay em Maine, nos EUA

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Ex-presidente participou da cerimônia de amigas; George W. Bush se opôs à união gay quando na Casa Branca

O ex-presidente dos EUA George H.W. Bush foi uma testemunha oficial de um casamento gay de duas amigas, seu porta-voz afirmou na quarta-feira (25). Bush e a mulher, Barbara Bush, participaram da cerimônia de união de Bonnie Clement e Helen Thorgalsen no sábado, segundo Jim McGrath.

Confira mais notícias na página iGay

AP
Ex-presidente George H.W. Bush, ex-primeira-dama Barbara Bush, posam para foto ao lado das amigas Helen Thorgalsen e Bonnie Blement, em Kennebunkport, Maine

Votação histórica: Eleitores em Maine e Maryland aprovam casamento gay

Thorgalsen publicou uma foto em sua página no Facebook mostrando Bush assinando a certidão de casamento como testemunha.

Na fotografia, Bush está sentado em uma cadeira de rodas, com uma pilha de papéis no colo e uma caneta na mão. O 41º presidente americano possui laços profundos na região de Kennebunkport, uma pequena cidade costeira. Bonnie e Helen são donas de uma loja na cidade vizinha de Kennebunk.

No Texas: Preconceito faz surgir ativistas por direitos homossexuais

O casamento gay foi legalizado em Maine em dezembro.

Bush estava na Casa Branca quando o casamento gay ainda não era uma questão política como é hoje. Um de seus filhos, o ex-presidente George W. Bush, se opôs ao casamento entre duas pessoas do mesmo sexo e em 2004 anunciou seu apoio a uma proposta de emenda constitucional para proibí-lo. Mas sua mulher, Laura Bush, e sua filha Barbara Bush apoiavam a causa, assim como o ex-vice-presidente Dick Cheney, cuja filha Mary Cheney é gay.

Com AP

Leia tudo sobre: igaygeorge h w bushbush paigeorge w bushbushcasamento gayeuamaine

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas