Coalizão de Merkel e oposição estão em disputa acirrada, mostra pesquisa

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

A cinco dias de uma eleição nacional, primeira-ministra corre risco de perder cargo para adversários na Alemanha

Reuters

A coalizão de centro-direita da chanceler (primeira-ministra) alemã, Angela Merkel, está em disputa acirrada com a oposição combinada da Alemanha. Foi o que mostrou uma pesquisa nesta terça-feira (17), cinco dias antes de uma eleição nacional que vai decidir quem governa a maior economia da Europa nos próximos quatro anos.

Partido de Merkel enfrenta teste nas urnas em Estado alemão

Direitos dos homossexuais vira principal tema na campanha eleitoral da Alemanha

A pesquisa Forsa para a revista Stern mostrou os conservadores, de Merkel, ainda bem à frente de outros partidos, com 39% de apoio, sem alteração em relação ao levantamento anterior. O atual parceiro de coalizão de Merkel, o Partido Democrático Liberal (FDP), apareceu com 5%, com queda de um ponto em relação à pesquisa anterior e na margem mínima para entrar no Parlamento.

Reuters
Se números se repetirem no domingo, Merkel não terá apoio suficiente para renovar seu governo

O principal partido de oposição, o Social-Democrata (SPD) e seu aliado Verde estão com 25% e 9%, respectivamente, ambos inalterados em relação à pesquisa Forsa anterior, e o partido de extrema-esquerda Esquerda teve 10 por cento de apoio. O SPD descartou a possibilidade de uma coligação com o Esquerda.

Se os números se repetirem na eleição de domingo, Merkel não terá apoio suficiente para renovar seu governo de coalizão com o FDP, e a Alemanha provavelmente acabará com uma "grande coalizão" entre os conservadores e o SPD, como a que Merkel liderou entre 2005 e 2009.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas