Oposição conservadora vence eleições gerais na Austrália

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Tony Abbott será o próximo premiê e irá suceder o trabalhista Rudd. "Governo foi derrotado", diz analista

A televisão pública australiana Australian Broadcasting Corporation (ABC) anunciou neste sábado (7) a vitória, nas eleições nacionais, do líder da oposição conservadora Tony Abbott, que irá suceder o trabalhista Kevin Rudd no governo. 

Entenda: Primeiro-ministro da Austrália convoca eleições para 7 de setembro

Reuters
Líder da oposição Tony Abbott durante discurso da vitória em Sydney, na Austrália

"A coligação tem 74 lugares garantidos. Nessa base, vai conseguir uma maioria. Acho que podemos dizer que o governo foi derrotado", disse o analista eleitoral da televisão pública australiana, Antony Green.

A Austrália foi às urnas para escolher os novos representantes políticos para os próximos três anos. As primeiras projeções de resultados confirmam o favoritismo da oposição conservadora. O voto é obrigatório para os 14,7 milhões de eleitores australianos.

A ABC prevê que a coligação liderada pelo Partido Liberal conquistará 90 dos 150 lugares do parlamento, contra 58 dos trabalhistas do atual primeiro-ministro Kevin Rudd. Os dois lugares restantes deverão ser conquistados pelos partidos independentes.

Vários ministros do governo de Kevin Rudd já tinham reconhecido a derrota antes de conhecidas as projeções de resultados. O Partido Trabalhista esteve no poder durante dois mandatos consecutivos de três anos. Os seis anos foram marcados pelo crescimento da economia, mas também por lutas internas no partido que desagradaram aos australianos.

*com Agência Brasil

Leia tudo sobre: austráliakevin ruddruddeleição na austrália

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas