Barco turístico conduzia família perto da ponte de Rialto; o pai morreu e uma criança de três anos está hospitalizada

Corpo de bombeiros de Veneza transporta gôndola que colidiu com vaporeto nos canais da cidade, causando a morte de um turista
Reuters
Corpo de bombeiros de Veneza transporta gôndola que colidiu com vaporeto nos canais da cidade, causando a morte de um turista

Um turista alemão morreu em Veneza após a gôndola em que estava passendo bateu em um vaporeto, barco que transportava passageiros pelo Grande Canal, neste sábado (17).

O chefe do corpo de bombeiros da cidade Giovanni Carlesso disse que o acidente aconteceu por volta do meio-dia, perto da ponte de Rialto.

Leia também:
Navio com 50 brasileiros pega fogo em Veneza
Veneza tenta equilibrar efeitos da visita de navios de cruzeiro
Câmera flagra queda de mochileiro em Veneza alagada

O vaporeto, que funciona como transporte público, estava chegando ao ponto da ponte e seu condutor aparentemente não viu a gôndola, que carregava cinco membros de uma família alemã.

O pai teria sido esmagado pela colisão dos dois barcos e uma criança de três anos foi levada ao hospital de Pádua com ferimentos na cabeça.

Repercussão
O prefeito de Veneza Giorgio Orsoni expressou suas condolências à família e pediu ajuda a especialistas para resolver o problema do tráfego congestionado nos canais da cidade.

(Com informações da AP)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.