Francis Freemyer afirma que apenas enfaixou o pé do paciente, que estava se tratando com pomada para cães

Reuters

Um homem teve três dedos do pé amputados nos EUA depois de se tratar com um veterinário de 78 anos, disseram autoridades na quinta-feira (15). Francis Freemyer, dono de uma pequena clínica veterinária em Greeley, no Colorado, foi multado por "práticas não autorizadas", uma contravenção leve, segundo a polícia local, que investiga se ele tratou outros pacientes indevidamente.

No Rio de Janeiro: Homem perde braço após cair em máquina de triturar

Com perda de DNA: Homem ganha cérebro maior e pênis mais simples

A investigação começou em junho, quando um hospital do Colorado avisou à polícia que um paciente não identificado havia sofrido complicações depois de relatar o atendimento com o veterinário.

Freemyer não foi localizado pela Reuters, mas disse a uma TV de Denver que havia receitado uma pomada dermatológica para um cachorro, e que a dona do animal depois aplicou o resto da pomada em um vizinho que se queixava de uma infecção no pé.

Nova York: Homem invade jaula de tigres em zoológico e perde o pé

O homem, então, foi à clínica veterinária para uma consulta, segundo Freemyer. E disse: "Caramba, não trato gente, mas você já colocou ( a pomada )", relatou o veterinário, acrescentando que se limitou a enfaixar o pé do homem. Uma porta-voz da polícia local disse que Freemyer cobrou pelo serviço.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.