Espanha e França desmantelam quadrilha de tráfico de pessoas

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Operação conjunta da polícia dos dois países prendem 75 acusados de traficar chineses para Europa e EUA

AP
Espanha divulga dinheiro, armas e documentos falsos em posse de quadrilha de tráfico humano desmantelada pela polícia

O governo da Espanha anunciou neste sábado (10) que uma investigação conjunta da polícia do país e da França desmantelou uma quadrilha acusada de traficar cidadãos chineses para a Europa e para os EUA.

Leia mais: Tráfico de pessoas impõe desafio a governos ao redor do mundo

Mais: Estrangeiros resgatados de trabalho escravo são 'ponta de iceberg'

O Ministério do Interior disse que 75 pessoas foram presas, 51 na Espanha e 24 na França, incluindo dois supostos chefes da organização na Europa, que estavam baseados em Barcelona.

A quadrilha teria cobrado até 50 mil euros para transportar chineses aos EUA, Reino Unido, Espanha, França, Grécia, Itália e Turquia. Algumas das vítimas do tráfico humano acabavam no mercado de exploração sexual.

O ponto central da quadrilha na Europa era o aeroporto de Barcelona. Ele era usado como um ponto de parada pela quadrilha para que os documentos falsos dos chineses fossem preparados.

Segundo um porta-voz da polícia federal espanhola afirmou à rede CNN, as prisões foram efetuadas em junho e o caso estava correndo em segredo de justiça no tribunal espanhol.

O inquéirto teve início há dois anos. Os investigadores disseram que a quadrilha de tráfico estava estruturada de maneira intrincada, dividida em células virtualmente isoladas e independentes para evitar a detecção por autoridades.

Com AP

Leia tudo sobre: tráfico de pessoastráfico humanochinafrançaespanhaeuropaeua

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas