'Vou a 190 km/h!', disse maquinista antes de acidente de trem na Espanha

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Limite de velocidade em curva em que descarrilamento aconteceu é de 80 km/h. Condutor está sob investigação

Pouco antes do descarrilamento de um trem na Espanha, o maquista informou à estação ferroviária que ia a 190 km/h, depois a 200 km/h. Ao entrar na curva, cujo limite de velocidade é de 80 km/h, voltou a dizer: "Vou a 190 km/h!", disseram fontes da investigação ao El País.

O governo espanhol afirmou que duas investigações foram lançadas sobre o acidente. Além da velocidade, também se verifica se houve alguma falha de equipamento. Especialistas indicam que a ausência de um sistema automático de frenagem no trecho em que houve o acidente pode ter contribuído para a tragédia.

Hipótese: Sistema de freio antigo pode ter contribuído para acidente

Quarta: Trem descarrila em Santiago de Compostela, na Espanha

AP
Montagem com imagens de câmera de segurança mostra, em sentido horário da E para D, descarrilamento de trem em Santiago de Compostela, Espanha (24/7)

Tragédia: Sobe número de mortos em acidente de trem na Espanha

Saiba mais: Leia todas as notícias sobre o acidente de trem

Logo após a tragédia, o maquinista voltou a se comunicar por rádio com a estação enquanto estava preso nas ferragens da cabine. Ele relatou que suas costas doíam e não conseguia sair do local. "Somos humanos! Somos humanos!", repetia. "Espero que não haja mortos, porque isso recairá sobre minha consciência."

O acidente no noroeste da Espanha aconteceu às 20h41 locais (13h41 em Brasília) de quarta-feira, deixando dezenas de mortos e mais de 130 feridos. Segundo a imprensa espanhola, o maquinista está internado e foi posto sob investigação pólicial.

Excesso de velocidade: Condutor de trem é investigado após acidente

A composição com 13 vagões tinha dois condutores. O que saiu ileso se mostrou aturdido poucos minutos depois da tragédia, perambulando entre os destroços do trem, os corpos dos mortos e os feridos, repetindo sem parar: "Descarrilei, o que vou fazer, o que vou fazer?" Reportagens de jornais espanhóis citaram testemunhas dizendo que esse condutor ajudou no resgate das vítimas.

Um dramático vídeo gravado por uma câmera de segurança e divulgado no site El País mostra o trem descarrilando ao fazer uma curva em alta velocidade e colidindo com um muro na noite de quarta. O acidente, um dos piores registrados na Europa, aconteceu na véspera de uma importante festividade católica em Santiago de Compostela, cidade da Galícia.

Assista: Vídeo mostra momento em que trem descarrila na Espanha

Veja: Vídeo mostra cenário de destruição após acidente de trem na Espanha

As autoridades disseram que há pessoas de várias nacionalidades entre os mais de 130 feridos, dos quais 36 - incluindo quatro crianças - estão em estado grave. Na manhã desta quinta-feira, as equipes de emergência haviam abandonado a busca por sobreviventes, e guindastes retiravam os destroços.

Testemunho: Sobreviventes relatam ter ficado 'rodeados de mortos'

Policiais fazem guarda enquanto condutor Francisco José Garzón Amo deixa o tribunal após sua libertação em Santiago de Compostela (28/7). Foto: APParte externa do trem é vista no local do acidente em Santiago de Compostela, noroeste da Espanha (26/7). Foto: ReutersParentes de vítimas de acidente de trem em Santiago de Compostela, na Espanha, reagem ao receber notícias (25/7). Foto: APBombeiros e equipes de resgate inspecionam vagão no local de acidente de trem em Santiago de Compostela, Espanha. Foto: APVagões descarrilados são removidos com guindastes dos trilhos em Santiago de Compostela, Espanha (25/7). Foto: APMulher reage em posto de informações para familiares montado após acidente de trem em Santiago de Compostela, Espanha. Foto: APPrimeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, visita local de acidente de trem em Santiago de Compostela, Espanha (25/7). Foto: APCondutor do trem Francisco José Garzón Amo recebe ajuda de dois homens ao ser retirado do local do acidente de trem em Santiago de Compostela, Espanha (24/7). Foto: APEquipes respondem à situação de emergência após descarrilamento de trem em Santiago de Compostela, Espanha (24/7). Foto: APFerida é retira de vagão após acidente de trem em Santiago de Compostela, Espanha (24/7). Foto: APEquipes de emergência atendem vítimas de descarrilamento de trem em Santiago de Compostela, na Espanha (24/7). Foto: APDescarrilamento de trem em Santiago de Compostela é o pior acidente do tipo em 40 anos (24/7). Foto: APEquipes respondem à situação de emergência após descarrilamento de trem em Santiago de Compostela, Espanha (24/7). Foto: APEquipes de emergência comparecem a local onde trem descarrilou em Santiago de Compostela, Espanha (24/7). Foto: APEquipes de emergência atendem vítimas de descarrilamento de trem em Santiago de Compostela, na Espanha (24/7). Foto: APAcidente de trem em Santiago de Compostela, Espanha, deixou mortos e dezenas de feridos (24/7). Foto: Alén Pérez/ TwitterEquipes de resgate trabalham para retirar vítimas de um trem após descarrilamento em Santiago de Compostela, Espanha (24/7). Foto: ReutersTrem descarrila em Santiago de Compostela, na Espanha (24/7). Foto: Alén Pérez/ TwitterO trem, que levava ao menos 240 passageiros, descarrilou na curva mais fechada do trajeto (24/7). Foto: Alén Pérez/TwitterImagem reproduzida de vídeo mostra vagões destruídos após acidente de trem em Santiago de Compostela, Espanha (24/7). Foto: Reprodução

Últimos 25 anos: Saiba os principais acidentes de trem na Europa

Uma fonte oficial disse que a alta velocidade do trem provavelmente foi a causa do acidente, mas o ministro de Obras Públicas afirmou que ainda é cedo para saber exatamente o que aconteceu.

*Com Reuters 

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas