Explosão pode se tornar o pior desastre no Canadá desde um acidente com um avião da Swissair em 1998

Reuters

Subiu para 13 o número de mortos pelo acidente ferroviário do fim de semana no Québec, e a polícia disse que há outros 37 desaparecidos, um sinal de que o descarrilamento de um trem automático e a subsequente explosão podem se tornar o pior desastre no Canadá desde um acidente com um avião da Swissair em 1998.

Sábado: Trem com petróleo explode no Canadá

Escavadeiras trabalham nos escombros de acidente provocado por descarrilamento de trem no Canadá
AP
Escavadeiras trabalham nos escombros de acidente provocado por descarrilamento de trem no Canadá

Antes, as autoridades haviam falado em cinco mortos e 40 desaparecidos depois do acidente que destruiu dezenas de imóveis na manhã de sábado em Lac-Megantic. Diante da magnitude da devastação, poucos moradores têm a expectativa de que sobreviventes sejam encontrados.

O porta-voz da polícia local, Benoit Richard, disse que os desaparecidos serão declarados mortos "quando encontrarmos os corpos".

Ataque: Explosão em fábrica de fertilizantes deixa mortos e feridos no Texas

O acidente aconteceu porque um trem estacionado perdeu a pressão dos freios e desceu morro abaixo, descarrilando após cerca de 12 quilômetros, no meio de Lac-Megantic.

A empresa responsável pelo trem disse que uma locomotiva que mantinha os freios pressurizados foi desligada por bombeiros devido a um incêndio ocorrido logo antes no trem.

20 anos: Caminhão-tanque explode perto da Cidade do México

O centro de Lac-Megantic, cidade com 6 mil habitantes perto da fronteira com o Maine, nos Estados Unidos, continuava isolado nesta segunda-feira.

Um prédio destruído era um bar musical muito frequentado por jovens, e testemunhas disseram ter fugido da área quando o calor e as chamas se aproximaram.

(Reportagem adicional de Julie Gordon, em Lac-Megantic)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.