Papa escolhe Lampedusa como primeiro destino fora de Roma

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Pontífice quer mostrar solidariedade com refugiados que chegam à ilha de barco em viagens perigosas

Reuters

O papa Francisco escolheu a ilha Lampedusa, no sul da Itália, como destino de sua primeira viagem fora de Roma para mostrar solidariedade com milhares de refugiados que a cada ano enfrentam uma perigosa jornada em frágeis barcos até lá, informou o Vaticano nesta segunda-feira (1º).

No Brasil: Visita do papa Francisco pode unir católicos

AP
Papa Francisco faz uma pausa antes de conceder o pálio a 35 arcebispos durante missa na Basílica de São Pedro

Dom Geraldo Majella: Papa quer revisão de tudo na Igreja Católica

Ordem do papa: Jesuítas são conhecidos pelo desapego material

A pequena ilha, o ponto mais ao sul da Itália, é a porta de entrada para a maioria dos imigrantes africanos que fogem de conflitos ou dificuldades econômicas a fim de entrar na União Europeia (UE).

O Vaticano disse que Francisco estava "profundamente comovido" com a enxurrada de imigrantes e que lançaria uma coroa de flores ao mar em memória dos muitos que se afogaram nas águas ao redor da ilha, durante sua visita em 8 de julho.

Agenda: Veja como será o dia a dia do papa Francisco na JMJ 2013

O papa também se reunirá com grupos de imigrantes que fizeram a travessia e vai celebrar uma missa em um centro esportivo da ilha.

Uma prisão construída no local para abrigar 380 detentos está há muito superlotada, e a situação da ilha tornou-se um símbolo da Europa e da Itália para aqueles que veem a imigração como fora de controle.

Vídeo: Veja como é feita a hóstia da Jornada Mundial da Juventude

A população normal de Lampedusa, de cerca de 6 mil habitantes, tem sido muitas vezes superada em número pelos imigrantes que dormem em acampamentos improvisados ​​espalhados pela ilha. Em tempos normais, eles vivem da pesca e do turismo.

Mais de 50 mil pessoas chegaram a Lampedusa em um pico causado pelos distúrbios no norte da África em 2011, e um clima favorável recentemente tem favorecido um novo aumento, na ordem das centenas, de imigrantes que chegam a cada semana, uma vez que o clima permite uma travessia menos arriscada.

Leia tudo sobre: papa franciscolampedusaitáliaromavaticanofrancisco

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas