Temperaturas em alta levam autoridades a emitir alertas de saúde em cidades da Califórnia, Nevada, Idaho, Colorado, Texas e Arizona

Reuters

Pessoas se refrescam em uma fonte em frente ao campus da universidade do Arizona, EUA
AP
Pessoas se refrescam em uma fonte em frente ao campus da universidade do Arizona, EUA

A previsão do tempo não oferece alívio para o verão escaldante no oeste dos Estados Unidos, num momento em que as temperaturas em alta levam as autoridades a emitir alertas de saúde e dezenas de pessoas vêm sendo atendidas nos hospitais com doenças relacionadas ao calor.

Cidades nos estados da Califórnia, Nevada, Arizona, Idaho, Colorado, Utah e Texas registraram no sábado (29) temperaturas recordes, acima de 38 graus.

Equipes de atendimento emergencial em Las Vegas, onde a temperatura chegou a alcançar 46 graus, encontraram no sábado um homem idoso morto em seu apartamento, que não tinha ar-condicionado.

Dezenas de pessoas foram tratadas por sintomas relacionados ao calor, incluindo um homem que ligou de uma rodovia para dizer que estava passando mal, após horas dirigindo sem ar-condicionado. Ele foi hospitalizado em estado grave, informaram autoridades.

Bombeiros temem que a seca, causa de vários grandes incêndios recentes em toda a região oeste do país, possa produzir novas chamas, já que no feriado de 4 de julho muitas pessoas costumam lançar fogos de artifício para celebrar a independência dos EUA.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.