Estado de saúde de Mandela é 'crítico'

Por AP | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Ex-presidente sul-africano, de 94 anos, está no hospital desde 8 de junho por causa de uma infecção respiratória recorrente. Esta é a quarta internação do líder desde dezembro

AP

O estado de saúde do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela se tornou “crítico” neste domingo (23), de acordo com o governo do País. O escritório do presidente Jacob Zuma explicou que o governante visitou o líder, de 94 anos, e foi informado que a condição de Mandela piorou nas últimas 24 horas. Zuma diz em comunicado que os médicos estão "fazendo todo o possível para obter a condição de melhora."

Leia também: Mandela aparece frágil em primeira imagem na TV em nove meses

Abril de 2013: Mandela recebe alta de hospital após tratar pneumonia

AP
Mural representando o ex-presidente sul-africano Nelson Mandela na Cidade do Cabo, África do Sul

Mandela, que se tornou o primeiro presidente negro da África do Sul em 1994, foi levado às pressas para um hospital de Pretória em 8 de junho com uma infecção respiratória recorrente.

NYT: Disputa por Mandela transforma seu legado em troféu na África do Sul

Mandela tem estado particularmente vulnerável a problemas respiratórios desde que contraiu tuberculose durante seus 27 anos como prisioneiro do governo branco racista. Na maior parte de seu tempo de prisão, Mandela ficou em Robben Island, fora da costa da Cidade do Cabo, onde ele e outros prisioneiros trabalhavam em uma pedreira.

Vídeo: Netas de Mandela são estrelas de reality show

Homenagem: Veja o especial da TV iG sobre Nelson Mandela

Mandela foi libertado em 1990 e venceu as eleições presidenciais no país durante a primeira eleição que os negros puderam fazer parte em 1994. Ele foi visto para muitos ao redor do mundo como um símbolo de reconciliação por seu sacrifício durante o confinamento e pelos seus esforços pela paz durante a tensa transição do fim do sistema de apartheid. O ex-líder se aposentou da vida pública há anos e, até então, recebia tratamento médico em sua casa em Johanesburgo.

Leia tudo sobre: Nelson MandelaÁfrica do Sulex-presidenteapartheidMandela

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas