Secretário de Estado dos EUA pressiona Taliban a retomar negociação de paz

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Secretário de Estado dos EUA pressiona Taliban a retomar negociação de paz

Reuters

O Secretário de Estado dos EUA, John Kerry, colocou a responsabilidade sobre o Taliban para a retomada dos esforços para encerrar o período de 12 anos de guerra no Afeganistão e alertou que o novo escritório do grupo, no Catar, talvez tenha que ser fechado, caso os esforços de negociação de paz falhem.

Leia também: Disputa sobre escritório do Taleban frustra negociações

Reuters
Vista geral do escritório do Taleban em Doha, Catar


As negociações entre as autoridades americanas e os representantes do Taliban tinham sido marcadas para quinta-feira no Catar, mas a irritação do governo afegão pelo alarde da abertura do escritório naquele país do Golfo gerou uma atraso nos preparativos.

"Precisamos ver se podemos retomar o rumo. Não sei se isso é possível ou não", disse Kerry durante uma entrevista coletiva, no Catar. "Se não houver uma decisão do Taliban de seguir em frente, em pouco tempo talvez tenhamos que decidir se o escritório deve ser fechado ou não", acrescentou.

Entenda: Afeganistão é estratégico

A abertura do escritório do Taliban foi um passo prático para abrir caminho para as negociações de paz para acabar com os 12 anos de guerra no Afeganistão.

Mas o protocolo, com jeito de oficial, que cerca o evento levantou protestos furiosos em Cabul de que o escritório iria evoluir para se tornar um governo Taliban no exílio. Uma disputa diplomática se seguiu, na tentativa de acalmar as preocupações.


Leia tudo sobre: AFEGANISTAOKERRYTALIBAN

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas