Secretário de Estado dos EUA pressiona Taliban a retomar negociação de paz

Reuters

O Secretário de Estado dos EUA, John Kerry, colocou a responsabilidade sobre o Taliban para a retomada dos esforços para encerrar o período de 12 anos de guerra no Afeganistão e alertou que o novo escritório do grupo, no Catar , talvez tenha que ser fechado, caso os esforços de negociação de paz falhem.

Leia também: Disputa sobre escritório do Taleban frustra negociações

Vista geral do escritório do Taleban em Doha, Catar
Reuters
Vista geral do escritório do Taleban em Doha, Catar


As negociações entre as autoridades americanas e os representantes do Taliban tinham sido marcadas para quinta-feira no Catar, mas a irritação do governo afegão pelo alarde da abertura do escritório naquele país do Golfo gerou uma atraso nos preparativos.

"Precisamos ver se podemos retomar o rumo. Não sei se isso é possível ou não", disse Kerry durante uma entrevista coletiva, no Catar. "Se não houver uma decisão do Taliban de seguir em frente, em pouco tempo talvez tenhamos que decidir se o escritório deve ser fechado ou não", acrescentou.

Entenda : Afeganistão é estratégico

A abertura do escritório do Taliban foi um passo prático para abrir caminho para as negociações de paz para acabar com os 12 anos de guerra no Afeganistão.

Mas o protocolo, com jeito de oficial, que cerca o evento levantou protestos furiosos em Cabul de que o escritório iria evoluir para se tornar um governo Taliban no exílio. Uma disputa diplomática se seguiu, na tentativa de acalmar as preocupações.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.