Coreia do Norte nega distribuição de livro de Hitler a autoridades

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Ministério de Segurança negou que Kim Jong-un tenha dado de presente cópias do livro 'Minha luta' a autoridades do país e diz que notícia foi divulgada pela 'escória humana'

A Coreia do Norte condenou reportagens que disseram que o líder do país, Kim Jong-un, teria dado cópias do livro de memórias de Adolf Hitler Mein Kampf (Minha Luta) para autoridades em seu aniversário.

Leia mais: Informações sobre Coreia do Norte continuam fora do alcance dos EUA

AP
Líder norte-coreano Kim Jong-un levanta sua mão com outro líderes durante encontro do Comitê Central do governista Partido dos Trabalhadores em Pyongyang (31/03)

Kim Jong-un: Jovem líder da Coreia do Norte compromete laços com a China

A reportagem, de um site de notícias coordenado por desertores norte-coreanos, afirmava que autoridades de alto escalão receberam o livro como presente em janeiro. A Coreia do Norte denunciou os desertores como "escória humana" e ameaçou matá-los.

Adolf Hitler escreveu Mein Kampf em 1924 enquanto estava na prisão. O livro trata sobre sua infância e delineia suas visões racistas.

Mais: História sobre 'sensualidade' de líder norte-coreano engana imprensa chinesa

O portal de notícias New Focus International escreveu a reportagem original, citando uma autoridade norte-coreana não identificada.

"Ao mencionar que Hitler conseguiu reconstruir a Alemanha em um curto período de tempo após sua derrota na Primeira Guerra Mundial, Kim Jong-un emitiu uma ordem para que o Terceiro Reich seja estudado com profundidade", teria dito a fonte.

Vida pessoal: Líder norte-coreano, Kim Jong-un, casou-se em 2009

O Ministério da Segurança norte-coreano emitiu um comunicado irritado sobre o ocorrido, divulgado pela agência de notícias estatal KCNA.

O órgão minimizou a reportagem como uma "campanha suja" escrita por um "punhado da escória humana... que se movimenta desesperadamente para deter o progresso (da Coreia do Norte)".

Com BBC

Leia tudo sobre: mein kampfhitleralemanhacoreia do nortekim jong unpyongyang

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas