Belga que se diz filha do rei quer intimá-lo em tribunal

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Artista plástica aparece na imprensa local desde fim dos anos 90 se declarando filha do rei; pela lei, Albert 2º não é obrigado a comparecer a tribunal

Reuters

Uma mulher que diz ser filha bastarda do rei da Bélgica, Albert 2º, solicitou que o monarca e dois de seus filhos sejam intimados a comparecer à Justiça para ajudarem a esclarecer a situação, disse o advogado dela na terça-feira (18).

Leia mais: Suposta amante do rei espanhol recebia para beneficiar empresas no exterior

Saiba também: Rei da Espanha pede desculpas por viagem para caçar elefantes

AP
Elio Di Rupo (esq) cumprimenta o rei Albert 2º (dir) durante a cerimônia de posse


Dezembro de 2011: Rei nomeia premiê após Bélgica ficar 541 dias sem governo

A artista plástica Delphine Boel, 45 anos, aparece na imprensa local desde o final da década de 1990 se declarando filha do rei, e já usou isso como tema na sua obra. O rei nunca se pronunciou oficialmente sobre isso.

Alain De Jonge, advogado dela, confirmou que ela abriu um processo judicial de reconhecimento de paternidade, mas não entrou em detalhes.

O palácio real confirmou, sem entrar em detalhes, que o rei e os príncipes Philippe e Astrid receberam a intimação. Um terceiro filho do rei, Laurent, não foi chamado.

Pela lei belga, o rei não pode ser obrigado a comparecer ao tribunal, o que limita as chances de sucesso da petição. Os príncipes, no entanto, podem ser intimados. A Justiça belga não se pronunciou sobre o caso.

Leia tudo sobre: rei albert 2rei albertbélgica

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas