'Recém-nascido caiu acidentalmente no cano de esgoto', diz mãe à polícia chinesa

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo mídia local, a mãe do recém-nascido foi quem deu o alerta e ficou presente durante o resgate; ela teria dado à luz secretamente no banheiro quando o bebê escorregou

A mãe do chinês recém-nascido resgatado de um cano de esgoto foi quem deu o alerta inicial sobre o incidente e esteve presente durante todo o resgate de duas horas realizado pelos bombeiros, entretanto, não admitiu ter dado à luz até ter sido confrontada pela polícia, informaram agentes nesta quarta-feira (29).

Segundo o jornal estatal Dushikuaibao, a polícia ficou desconfiada quando encontrou brinquedos de bebê e papel higiênico sujo de sangue no quarto alugado pela mulher de 22 anos, no prédio onde o resgate ocorreu no sábado.

Entenda o caso: Recém-nascido é resgatado de cano de esgoto na China

Reuters
Recém-nascido chora em incubadora depois de ter sido resgatado de um cano de esgoto em Jinhua, Zhejiang

Leia mais: Encontrada viva em necrotério, bebê luta pela vida há quatro meses na Argentina

A mulher, cujo nome não foi revelado pela mídia estatal, acabou confessando à polícia quando a pediram para que fizesse exames médicos. A mulher afirmou que não poderia pagar um aborto e que deu à luz secretamente na tarde de sábado no banheiro do prédio. Ela afirmou que tentou segurar o bebê, mas que ele teria escorregado e, então, ela alertou a proprietária do apartamento.

O vídeo do resgate do bebê nº 59 - chamado dessa forma por causa do número de sua incubadora no hospital - foi mostrado em telejornais e sites desde segunda-feira e alcançou o mundo inteiro, provocando entre as pessoas horror e solidariedade pelo recém-nascido.

A aparente confissão da mãe levanta questões sobre se ela pretendia abandonar o bebê, enquanto sugere que ela estava desesperada e sem saber o que fazer.

Segundo o Zhezhong News, a mulher é formada no ensino médio e trabalha em um restaurante na cidade de Jinhua, na província de Zhejiang. Ela disse que ficou grávida de um homem que mal conhecia e que depois ele negou responsabilidade. A mulher não revelou a gravidez para os pais. De acordo com a mídia local, ela também queria criar a criança, mas não sabia como fazer isso.

Leia também: Caso de menina ignorada após atropelamento desafia moral chinesa

Bombeiros foram chamados para o prédio residencial no bairro de Pujiang para resgartar o bebê que estava preso em um cano de esgoto em um banheiro coletivo do edifício.

O bebê, que pesa 2,8 kg, está com algumas escoriações leves na cabeça e nos membros, mas sobreviveu praticamente ileso. Quando foi encontrado, ele ainda estava envolto pela placenta.

A proprietária do prédio afirmou à mídia local que no início daquela semana não havia sinais de que um parto havia ocorrido no banheiro e ela não tinha conhecimento de nenhuma grávida entre suas inquilinas.

A mãe do bebê disse ter limpado o local após o parto, segundo a mídia local. Ela também usou roupas largas e faixas no abômen para disfarçar a gravidez

Assista ao vídeo:


Com AP

Leia tudo sobre: bebêchinarecém nascido

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas