Cartas a prefeito de Nova York podem conter veneno ricina, diz polícia

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Correspondências enviadas a Bloomberg e a seu grupo de controle de armas foram abertas em Nova York e Washington e abordavam debate sobre porte de armamentos

Reuters

AP
Prefeito de Nova York, Michael Bloomberg (foto de arquivo)

Duas cartas endereçadas ao prefeito da cidade de Nova York, Michael Bloomberg, e a seu grupo de controle de armas continham um material que poderia ser o veneno fatal ricina e tinham conteúdo sobre o controle de armamentos, afirmou a polícia nesta quarta-feira.

A Obama: Preso homem suspeito de envolvimento em envio de cartas com ricina

O Departamento de Polícia de Nova York disse que testes iniciais nas duas cartas, abertas em Nova York e Washington DC, capital americana, indicaram a presença de ricina. Equipes de emergência que entraram em contato com as cartas apresentaram sintomas leves de exposição à ricina, disse a polícia.

O que é? : Ameaça bioterrorista, veneno ricina fez poucas vítimas

Uma das cartas foi aberta no domingo em Washington por Mark Glaze, o diretor do grupo Prefeitos Contra Armas Ilegais, fundado por Bloomberg e que faz lobby para leis de armas mais rígidas. A outra foi interceptada na sexta-feira em um local de postagem em Manhattan.

Ambos continham ameaças contra Bloomberg e mencionavam o debate sobre as armas, informou a polícia em um comunicado.

Leia tudo sobre: porte de armasnova yorkbloombergricina

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas