Avião faz pouso de emergência no aeroporto de Londres

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Falha técnica no motor de um airbus da British Airways foi detectada pouco depois da decolagem; aeroporto de Heathrow fechou duas pistas e provocou atrasos

Um avião da British Airways que seguia de Londres para Oslo foi forçado a fazer um pouso de emergência no aeroporto de Heathrow, na capital britânica, nesta sexta-feira (24), devido a uma falha técnica em um motor.

"O BA762, em serviço de Heathrow para Oslo, voltou para Heathrow pouco depois da decolagem devido a uma falha técnica", informou a IAG, controladora da British Airways. A aeronave Airbus A319 transportava 75 passageiros.

Nova Zelândia: Piloto faz pouso de emergência com helicóptero no mar

AP
Serviço de emergência atende um avião de passageiros da British Airways após pouso de emergência no aeroporto Heathrow

Ucrânia: Pouso forçado de bimotor deixa ao menos cinco mortos

Em Mianmar: Pouso de emergência de avião mata três dos 69 a bordo

A IAG acrescentou que o avião pousou em segurança e escorregadores de emergência foram utilizados. "Estamos cuidando de nossos clientes. Os serviços de emergência compareceram à aeronave."

Imagens da emissora de TV Sky News mostraram o avião com fumaça saindo de um dos motores. "O motor direito estava pegando fogo", disse a testemunha Clive Cook à Sky News. "O avião estava vindo e de repente o barulho do motor mudou drasticamente. Eu diria que foi quase como um estouro ou uma explosão."

Em Nova York: Avião da TAM faz pouso de emergência em aeroporto

O aeroporto, o mais movimentado da Europa, fechou suas duas pistas para lidar com o incidente, mas, logo depois, foram reabertas. O fechamento temporário provocou atrasos nos voos.

Assista ao vídeo: 

A British Airways informou que estava cancelando os voos de curta distância com partida ou chegada a Heathrow até às 16h (12h em Brasília) para "estabilizar o cronograma".

A linha aérea afirmou também que uma investigação foi iniciada.

Os aviões A319 da British Airways são alimentados por dois motores IAE V2500 fabricados pelo consórcio International Aero Engines, em parte de propriedade da UTC.

Com AP e Reuters

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas