Mais de 30 são detidos por roubo de R$ 50 milhões em diamantes em Bruxelas

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Suspeitos foram levados sob custódia na Bélgica, na França e na Suíça; em fevereiro, ladrões vestidos de policiais roubaram diamantes da pista do aeroporto sem disparar um tiro

O Ministério Público da Bélgica anunciou nesta quarta-feira (8) a detenção de 31 suspeitos de envolvimento no roubo de US$ 50 milhões (R$ 100 milhões) em diamantes no aeroporto de Bruxelas em fevereiro. Os suspeitos foram detidos na Bélgica, na França e na Suíça.

Fevereiro: Bando invade pátio de aeroporto em Bruxelas e rouba carga de diamantes

AP
Porta-vozes da Promotoria Jean-Marc Meilleur e Anja Bijnens concedem coletiva em Bruxelas

Mais de 250 policiais participaram da operação da Bélgica, onde 24 dos 31 detidos foram levados sob custódia. Um deles foi detido na França e os outros seis na Suíça. Os suspeitos que estavam na França e na Suíça foram detidos na terça-feira e no dia seguinte a polícia belga iniciou a operação, que contou com mandados de busca em 40 residências.

"Na Suíça, encontramos diamantes que já podemos dizer que vieram do roubo, e na Bélgica grandes quantias de dinheiro foram encontradas. E a investigação continua", disse Jean-Marc Meilleur, porta-voz da promotoria belga.

Em Londres: Polícia busca ladrões após roubo milionário de joias

Mais Reino Unido: Ladrões roubam mais de 46 mi de euros em joias

Meilleur não deu detalhes de como a polícia conseguiu rastrear os suspeitos. É esperado que autoridades anunciem no final da quarta-feira quantos detidos serão indiciados e presos.

Em fevereiro, ladrões vestidos de policiais e armados com metralhadoras roubaram 120 pacotes de diamantes da pista do aeroporto de Bruxelas, sem disparar um tiro. Acredita-se que o suspeito detido na França seja um dos integrantes da gangue de oito membros que realizou o assalto. "É a única pessoa que podemos afirmar neste momento que pode ter participado dos eventos na pista", disse Meilleur.

A polícia de Genebra disse que havia interrogado oito pessoas após incursões policais e, posteriormente, liberando seis delas e deixando duas sob investigação. Esses números diferem ligeiramente dos dados fornecidos pelas autoridades belgas.

AP
Carregamento de diamantes foi roubado do avião da Helvetic no aeroporto internacional de Bruxelas

Entre os presos em Genebra estão um empresário e um advogado, enquanto cerca de 100 mil francos suíços (US$ 106,2 mil) em dinheiro e uma porção de diamantes foram recuperados, disse a polícia suíça. Na Bélgica, as operações policiais recuperaram dinheiro e carros de luxo.

Com AP e Reuters

Leia tudo sobre: diamantebruxelasbélgicafrançasuíçaaeroporto

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas