Atirador de cinema dos EUA se declarará inocente por insanidade

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Advogados planejam fazer pedido formalmente durante audiência em 13 de maio. Ataque durante estreia do último filme do Batman deixou 12 mortos e 70 feridos em 20 de julho

AP
James Holmes, acusado de massacre em cinema de Aurora, no Colorado (20/09)

James Holmes, o homem acusado pelo ataque em um cinema no Colorado em 20 de julho, quer declarar-se inocente sob a justificativa de insanidade, disseram seus advogados nesta terça-feira. Os advogados planejam fazer o pedido formalmente durante uma audiência em 13 de maio.

Promotores: Acusado de ataque em cinema dos EUA ameaçara professor

Saiba mais: Veja todas as notícias sobre o ataque ao cinema em Aurora

Um juiz no caso previamente entrou com uma declaração de não culpado para Holmes, 25 anos. Se o juiz aceitar a nova declaração, Holmes seria enviado a um hospital estadual de saúde mental, no qual os médicos determinariam se ele estava doente no momento do ataque. Mesmo que os médicos determinem que Holmes estava doente, um júri ainda pode considerá-lo culpado.

A lei do Colorado define a insanidade como a incapacidade de distinguir o certo do errado, causada por uma doença ou uma mente anormal. A lei especificamente exclui depravação, "obliquidade moral" ou paixão causada por raiva ou ódio como sendo insanidade.

Suspeito ao ser preso: 'Sou o coringa', teria dito o atirador após ataque

Plano: Suspeito detalhou massacre em caderno enviado a psiquiatra

A declaração de insanidade era amplamente esperada por causa das provas contundentes contra Holmes, que responde a várias acusações de assassinato e tentativa de assassinato. Promotores querem a pena de morte.

Os advogados de Holmes disseram em audiências judiciais e escreveram em documentos apresentados à corte que ele é mentalmente doente. Ele era visto por um psiquiatra antes do ataque a tiros de 20 de julho durante a estreia do último filme do Batman, que deixou 12 mortos e 70 feridos.

Os promotores dizem que Holmes passou meses comprando armas e milhares de cartuchos de munição e uniformes no estilo policial antes de abrir fogo contra o cinema lotado em Aurora, subúrbio de Denver.

*Com AP

Leia tudo sobre: euacoloradoataque em aurorajames holmesbatman

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas