Coalizão governista vence na Malásia e estende seus 56 anos no poder

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

No poder desde 1957, Frente Nacional conquista 127 das 222 cadeiras do Parlamento. Apontando irregularidades, aliança opositora indica que pode contestar resultado

Reuters

A coalizão governista Frente Nacional da Malásia ganhou 127 das 222 cadeiras no Parlamento do país, informou a Comissão Eleitoral neste domingo, sinalizando que a coalizão estenderá seu domínio de 56 anos na nação do sudeste da Ásia. A aliança oposicionista liderada por Anwar Ibrahim alcançou 77 assentos, com outras disputas estando muito apertadas para saber o resultado final.

2012: Ex-vicê premiê da Malásia é absolvido de acusação de sodomia

AP
Primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak (E), e seu vice, Muhyiddin Yassin, celebram em Kuala Lumpur a vitória nas eleições gerais

Mais cedo, o líder da oposição reivindicou a vitória na eleição, alertando a Comissão Eleitoral e o partido do governo do primeiro-ministro Najib Razak a não "roubar" os resultados.

Essa foi a 13ª vitória consecutiva da Frente Nacional nas eleições gerais desde a independência do país do Reino Unido, em 1957. O partido enfrentou seu maior desafio eleitoral de uma oposição que esperou capitalizar com alegações de arrogância, abuso de fundos públicos e discrimação racial contra o governo.

Najib conclamou todos os malaios a aceitar a vitória da coalizão. "Mostramos ao mundo que somos uma democracia madura", disse.

Anwar indicou que a oposição pode contestar os resultados, dizendo que "irregularidades" custaram à sua Aliança Pakatan Rakyat, formada por três partidos, numerosos assentos por margens estreitas.

Segundo a Comissão Eleitoral, estimados mais de 10 milhões votaram, representando um comparecimento recorde de 80% dos 13 milhões de eleitores registrados.

*Com AP e BBC

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas