'Suspeito número 1' de ataque em Boston é morto; polícia procura o segundo

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Polícia alerta para que moradores permaneçam em casa; sistema de transporte público, escolas e empresas na região de Boston são fechados

Um dos dois responsáveis pelo ataque na Maratona de Boston foi morto na madrugada desta sexta-feira (19). Considerado como "suspeito número 1", ele foi baleado pela polícia durante uma perseguição de carro em Watertown, a dez quilômetros de Boston, e estava acompanhado do segundo suspeito, que conseguiu escapar. De acordo com autoridades, uma caça massiva está em andamento.

Ataque em Boston: Veja cronologia dos principais acontecimentos

Mídia: Suspeitos do ataque em Boston são da região do Cáucaso russo

De acordo com a rede de TV CNN, o suspeito morto é Tamerlan Tsarnaev, 26 anos. O foragido seria Dzhokhar A. Tsarnaev, 19 anos, morador de Cambridge, em  Massachusetts, segundo boletim policial obtido pela Associated Press. Da região do Cáucaso russo, os dois são irmãos e estariam nos EUA ao menos há dez anos. 

Suspeitos: FBI divulga imagens de dois suspeitos de ataque em Boston

Homenagem: 'Vocês correrão de novo', diz Obama em missa por vítimas de ataque

AP
Policiais fazem patrulha em Watertown, em Boston, após a fuga de um dos suspeitos do ataque em Boston

Mídia: Investigadores buscam dois possíveis suspeitos por ataque em Boston

Confusão: Autoridades dos EUA negam prisão de suspeito por ataque em Boston

O foragido aparece no vídeo divulgado pelo FBI na quinta usando um boné branco, momentos antes da explosão dos artefatos que deixaram três mortos e quase 180 feridos. O suspeito que morreu no hospital pelo ferimento dos tiros aparece nas imagens usando um boné escuro.

Pelas imagens, as autoridades trabalham com a hipótese de que os suspeitos pelo ataque em Boston sejam os mesmos dois homens que mataram um policial no campus de uma universidade, feriram um guarda de trânsito em um tiroteio e jogaram explosivos contra a polícia.

Obama sobre Boston: 'Quando bombas são usadas contra civis, é terrorismo'

Equipes bloquearam bairros e regiões próximas a Boston para encontrar o foragido. Moradores de Watertown, Newton, Waltham, Belmont, Cambridge e Allston-Brighton são alertados para não sair de suas residências e só abrir a porta para autoridades claramente identificadas. "Acreditamos que seja um terrorista. Esse homem veio aqui para matar pessoas", afirmou o policial de Boston Ed Davis.

Em panela de pressão: Bomba de ataque em Boston pretendia mutilar vítimas

Pistas: Investigadores encontram tampa de panela usada em bomba de Boston

Todo o sistema de transporte público foi suspenso, incluindo ônibus, metrôs e trens, segundo informou Joe Pesaturo, porta-voz da Autoridade de Transporte de Massachusetts. As escolas e empresas em toda a região de Boston também foram fechadas. "Essa é uma situação grave", afirmou o comandante da polícia Timothy Alben. "Estamos lidando com uma situação muito séria."

Assista ao vídeo sobre caça de suspeitos:

De acordo com a rede americana CNN, a autoridade de transporte público de Boston enviou ônibus municipais a Waterton para esvaziar algumas residências enquanto especialistas em bombas fazem uma varredura atrás de possíveis explosivos.

Vítimas:
Menino de 8 anos morto em ataque em Boston 'era cheio de vida e amava correr'
Polícia identifica mulher de 29 anos como segunda vítima de ataque em Boston
Estudante chinesa é identificada como terceira vítima de ataque em Boston

Segundo a agência Associated Press, os suspeitos foram identificados como nascidos na região do Cáucaso russo, perto da Chechênia, que tem sido assolada pela insurgência islâmica após guerras separatistas.

Saiba mais: Cáucaso russo é terreno fértil para o terrorismo

Episódios de violência durante a madrugada tiveram início poucas horas depois da divulgação das fotos e dos vídeos dos dois jovens pelo FBI. Autoridades afirmaram que a gravação de uma câmera de segurança da noite de quinta mostrou um homem, que a polícia acredita ser o suspeito que usa boné branco no vídeo do FBI, durante um roubo em uma loja de conveniência em Cambridge, perto do campus do MIT (Massachussets Institute of Technology), onde um policial da universidade foi morto enquanto respondia ao chamado, afirmou Alben.

Crime: Explosões na Maratona de Boston deixam ao menos três mortos nos EUA

Então, segundo autoridades ouvidas pela AP, os dois sequestraram um homem em uma Mercedes-Benz, mantendo o proprietário com eles dentro do carro por meia hora, antes de deixá-lo em um posto de gasolina em Cambridge. O homem não foi ferido.

Brasil: Copa e Olimpíadas serão seguras, diz Patriota após ataque em Boston

A busca pelo veículo levou a uma caçada que terminou em Watertown, onde autoridades afirmam que os prováveis suspeitos do ataque da Maratona de Boston jogaram explosivos contra o carro e trocaram tiros com a polícia. Um guarda de trânsito ficou gravemente ferido durante a perseguição.

Em Watertown, testemunhas afirmam ter ouvido vários tiros e explosões por volta da 1h de sexta-feira. Dezenas de policiais e agentes do FBI estão no bairro e um helicóptero foi acionado.

Veja fotos da caçada da polícia pelo segundo suspeito:

Policial sorri e outro faz sinal de positivo após prisão de suspeito por ataque em Boston. Foto: APImagens cedidas pela CBS mostram momento em que Dzhokhar Tsarnaev sai do barco. Foto: Reprodução/BBCMulheres comemoram depois de prisão de suspeito por ataque em Boston. Foto: APCom rosto abatido, presidente dos EUA, Barack Obama, faz pronunciamento após prisão de suspeito que estava foragido em Boston. Foto: APPolícia observa enquanto ambulância deixa rua Franklin no fim da caçada por Dzhokhar Tsarnaev, suspeito de ataque em Boston. Foto: ReutersReprodução de vídeo mostra Dzhokhar Tsarnaev, suspeito por ataque em Maratona de Boston, em ambulância depois de ser capturado em barco. Foto: APPolicial monta guarda em local de busca de suspeito por ataque a Maratona de Boston
. Foto: APPoliciais buscam suspeito por ataque a Maratona de Boston em  Watertown, Massachusetts. Foto: APSuspeito de ataque foi cercado no quintal de uma casa na Rua Franklin, em Watertown, e se escondeu dentro de um barco. Foto: Reprodução/Google MapsPoliciais são vistos durante cerco a suspeito por ataque em Boston. Foto: APMoradores de Watertown acompanham cerco da polícia à distância. Foto: APEquipe da Swat marcha em bairro enquanto fazem buscas por suspeito de ataque em Boston em Watertown, Massachusetts. Foto: APPoliciais da SWAT vasculham casas em Watertown, em Massachusetts, em busca de suspeito de atentato em Boston. Foto: ReutersMulher observa pela janela movimentação de policiais em busca de suspeitos no subúrbio de Watertown. Foto: ReutersMoradores de Watertown acompanham da janela ação de policiais. Foto: APPolícia caça segundo suspeito de ataque na Maratona de Boston, na última segunda-feira. Foto: ReutersPolicial toma posição em caçada a suspeito de atentato . Foto: ReutersRuas foram interditadas, escolas fechadas e sistema de transporte público suspenso nesta sexta-feira. Foto: ReutersTécnicos em bombas inspecionam ruas em Watertown. Foto: ReutersPoliciais caçam segundo suspeito em Watertown, Massachusetts. Foto: APPoliciais param carros em busca de suspeito de atentados. Foto: APFuncionário fecha porta de estação de trem após recomendação da polícia. Foto: APPolicial corre com a arma na mão em busca de suspeito em Watertown. Foto: AP

As imagens dos suspeitos foram divulgadas horas depois que o presidente Barack Obama e a primeira-dama Michelle Obama participaram de uma missa inter-religiosa em Boston para relembrar os mortos e feridos no ataque.  Na Catedral de Santa Cruz, Obama alertou: "Sim, nós vamos encontrá-los e, sim, eles enfrentarão a Justiça."

Ataque em Boston

O ataque, o pior em solo americano desde o 11 de Setembro de 2001, deixou três mortos: Martin Richard, de 8 anos; Krystle Campbell, uma gerente de restaurante de 29 anos e Lingzi Lu, estudante chinesa de 23 anos.

As bombas foram montadas dentro de panelas de pressão com explosivos, pedaços de metal e pregos, informaram os investigadores. Eles suspeitam que as bombas foram escondidas em mochilas e deixadas no local.

Veja mapa com a cronologia dos eventos relacionados ao ataque:

*Com informações da AP e BBC

Leia tudo sobre: euaataque em bostonbostonmaratona de bostontsarnaevcáucaso russo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas