Explosão em fábrica de fertilizantes deixa mortos e feridos no Texas

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Explosão às 19h50 locais mata entre cinco e 15 e fere mais de 160 no centro da cidade de West; testemunhas descrevem cenário como zona de guerra

A explosão em uma fábrica de fertilizantes deixou entre cinco e 15 mortos e mais de 160 feridos na noite de quarta-feira no Estado americano do Texas. Durante a madrugada desta quinta, equipes de resgate procuravam sobreviventes na área comparada por testemunhas a uma zona de guerra.

Assista: Testemunha capta explosão no Texas em vídeo

Reuters
Destroços em chamas são vistos após explosão de fábrica de fertilizantes em West, perto de Waco, Texas

A explosão por volta das 19h50 locais (21h50 de Brasília) no centro de West, cidade de 2,8 mil habitantes localizada perto de Waco e a cerca de 130 km ao sul de Dallas, estremeceu o solo com a força de um terremoto de magnitude 2,1 e pôde ser ouvida a dezenas de quilômetros de distância. Ela iluminou o céu da noite com suas chamas e fez chover destroços e estilhaços incandescentes sobre os residentes locais. Há informação de que há dezenas sob os escombros.

Leia também: Explosões na Maratona de Boston deixam ao menos três mortos nos EUA

"Feridos ainda estão aparecendo e pessoas estão sendo retiradas de suas casas", disse o policial de Waco William Patrick Swanton, que afirmou que o número de entre cinco e 15 mortos é por ainda uma estimativa enquanto as operações de busca e resgate continuam. Segundo ele, não há indicação de que a explosão tenha sido nada além de um acidente industrial.

Acredita-se que entre os mortos estão de três a cinco voluntários dos bombeiros. Muitos dos feridos estão com ossos quebrados, queimaduras, cortes e problemas respiratórios. Há informações de que ao menos cinco estão internados em estado grave.

Saiba mais: 'Parecia cenário de guerra', dizem testemunhas de explosão no Texas

As autoridades tinham problema em entrar nas zonas próximas à explosão. "Ainda está muito quente", disse Franceska Perot, porta-voz do Gabinete de Álcool, Tabaco e Armas de Fogo nesta quinta de manhã.

A explosão pôs no chão uma área de quatro quarteirões ao redor da fábrica, atingindo, segundo as autoridades, entre 50 e 75 casas, um complexo de apartamentos com 50 unidades, uma escola e uma casa de repouso, da qual foram retirados 133 pacientes, alguns em cadeiras de rodas. Bombeiros, ambulâncias e seis helicópteros foram deslocados para participar do resgate.

Assista ao vídeo da explosão:

Incêndio

Segundo o jornal local Waco Tribune-Herald, os bombeiros tentavam conter um incêndio na fábrica quando a explosão aconteceu. Um estádio esportivo na região foi mobilizado para ser usado como pronto-socorro improvisado para atender aos feridos. "Há muita devastação. Nunca vi nada parecido. Parece uma zona de guerra, com todos os escombros", afirmou o xerife do condado de McLennan, Parnell McNamara.

A testemunha Debby Marak disse à agência de notícias Associated Press que viu fumaça vindo da área perto da fábrica e dirigiu naquela direção para ver o que acontecia. Segundo ela, ao chegar mais próximo ao local, dois garotos correram em sua direção gritando que as autoridades haviam lhes pedido para que deixassem a área porque a fábrica de fertilizantes explodiria.

Debby disse ter dirigido então por uma curta distância até ouvir a explosão. "Era como estar no meio de um tornado. Havia coisas voando por todo o lado. Meu para-brisas quebrou. Parecia que toda a Terra tremia", disse.

Veja imagens da explosão no Texas:

Fumaça sobe enquanto bombeiros jogam água para apagar fogo após forte explosão em fábrica no Texas (18/04). Foto: ReutersExplosão da fábrica pôde ser vista de longe pelos moradores de West, Texas (17/04). Foto: APAsilo localizado perto do local da explosão foi atingido e moradores tiveram de ser retirados (17/04). Foto: APComplexo de apartamentos ficou em ruínas (17/04). Foto: APImagem de TV local mostra centro de atendimento improvisado de feridos em campo de futebol (17/04). Foto: APDezenas de casas que ficavam perto da fábrica de fertilizantes também foram atingidas pela explosão (17/04). Foto: AP

Outra testemunha disse à TV local KWTX-TV ter ouvido várias explosões a 20 quilômetros de distância. "Pareciam três bombas explodindo muito próximo a nós", afirmou Lydia Zimmerman.

A Casa Branca afirmou que está monitorando a situação e que mantém intenso contato com autoridades locais. "Uma comunidade unida foi abalada, e pessoas de bem, trabalhadoras, perderam suas vidas", disse o presidente Barack Obama em comunicado.

Os afetados "terão o apoio do povo americano", completou.

A explosão no Texas aconteceu em meio ao clima de comoção nos EUA por conta de um ataque a bomba que deixou três mortos na Maratona de Boston, na segunda-feira, e pela informação de que Obama e um senador haviam recebido cartas aparentemente contaminadas com o veneno letal ricina.

Agência: Suspeito de mandar carta com veneno para Obama é preso

O incidente também acontece dois dias antes do 20º aniversário do incêndio em Waco que consumiu um conjunto ocupado por seguidores da seita Ramo Davidiano após um cerco por agentes federais, com um saldo de 82 seguidores e quatro agentes federais mortos.

*Com AP e BBC

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas