País é o primeiro da região Ásia-Pacífico a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo; decisão foi comemorada no Parlamento, em pubs e discotecas

O parlamento da Nova Zelândia legalizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo. É o primeiro país da região da Ásia-Pacífico a aprovar uma lei neste sentido. Os parlamentares aprovaram a lei, uma emenda ao ato conjugal de 1955, apesar da forte oposição de grupos cristãos.

Japão: Mickey e Minnie apoiam o casamento gay na Disney de Tóquio

Jills Angus Burney e Deborah Hambly, que querem se casar, comparecem ao Parlamento em Wellington
AP
Jills Angus Burney e Deborah Hambly, que querem se casar, comparecem ao Parlamento em Wellington

EUA: Suprema Corte discute lei federal contra casamento gay

A lei, aprovada por 77 votos contra 44, foi celebrada por centenas de advogados dos direitos dos homossexuais do lado de fora do Parlamento. O público que assistia à sessão e alguns parlamentares imediatamente começaram a cantar uma tradicional música neozelandesa "Pokarekare Ana".

Algumas pesquisas de opinião sugeriram que cerca de dois terços do país apoiavam a reforma, embora outros levantamentos afirmavam que a população estava dividida. A reforma tinha o apoio do primeiro-ministro John Key e do líder da oposição David Shearer.

Leia mais: Uruguai é o segundo país a aprovar casamento gay na América do Sul

Em Wellington, capital do país, festas e celebrações foram realizadas em pubs e discotecas. A união civil de casais homossexuais é legal na Nova Zelândia desde 2005.

A Nova Zelândia se tornou o 13º país a legalizar o casamento entre casais homossexuais. Outros países incluem a Holanda, Bélgica, Espanha, Canadá, África do Sul, Argentina e Uruguai . Parlamentares britânicos e franceses também votaram em favor da legislação permitindo o casamento gay, embora a medida não tenha sido aprovada em lei.

Alemanha: Antigas leis homofóbicas ainda perseguem muitos gays

Nenhum outro país na região da Ásia-Pacífico permite o casamento gay. Membros do Parlamento da Austrália votaram esmagadoramente contra a lei que legalizaria o casamento homossexual em setembro. Entretanto, alguns Estados permitem uniões civis entre casais do mesmo sexo.

A China não permite o casamento gay, porém, transexuais que tenham se submetido a cirurgia, podem se casar com alguém do sexo oposto, contanto que seu novo gênero seja verificado por autoridades de segurança pública locais.

Com BBC

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.