Investigadores encontram tampa de panela usada em bomba de Boston

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo policiais, objeto teria sido encontrado em topo de prédio próximo ao local onde ocorreu as explosões durante a Maratona de Boston; Obama chega à cidade na quinta-feira

Autoridades que investigam o ataque à Maratona de Boston, que deixou três mortos e mais de 170 feridos, encontraram a tampa de uma panela de pressão que, aparentemente, foi atirada ao alto de um prédio perto da cena das explosões, informou uma autoridade nesta quarta-feira (17). Também foram descobertos fios, uma bateria e o que parece ser uma pequena placa de circuito.

Explosivo: Em panela de pressão, bomba de ataque pretendia mutilar vítimas

Obama sobre Boston: 'Quando bombas são usadas contra civis, é terrorismo'

Reuters
Fotos da cena das explosões da Maratona de Boston tirada por investigadores mostram os restos do explosivo

Segundo um policial familiarizado com o caso, investigadores encontraram algumas partes das bombas, que explodiram próximo à linha de chegada da maratona. O policial falou em condição de anonimato, pois não estava autorizado a divulgar informações à imprensa.

Vítimas:
Menino de 8 anos morto em ataque em Boston 'era cheio de vida'
Polícia identifica mulher de 29 anos como 2ª vítima de ataque em Boston
Estudante chinesa é identificada como terceira vítima de ataque em Boston

 Segundo investigações, as bombas foram colocadas dentro de panelas de pressão, uma com objetos de metal e outra com pregos. Também na quarta-feira, um médico do Centro Médico de Boston afirmou que dois pacientes, incluindo uma criança de cinco anos, permaneciam em estado grave. Dezenas já foram liberados.

Policiais pediram na terça-feira para que o público envie fotos, vídeos ou qualquer informação que possa ajudá-los a resolver o caso. Investigadores circularam informações sobre as bombas usadas, mas, segundo o FBI, ninguém reivindicou responsabilidade pelo ataque.

Crime: Explosões na Maratona de Boston deixam ao menos três mortos nos EUA

"Alguém sabe quem fez isso", disse Richard DesLauriers, agente do FBI encarregado da investigação, disse durante coletiva. "O mais importante, é que a pessoa que fez isso é amigo de alguém, vizinho de alguém, colega de trabalho de alguém, ou parente de alguém."

O presidente Barack Obama caracterizou o ataque como um "ato de terrorismo" mas disse que autoridades não sabiam "se foi planejado ou executado por uma organização terrorista, estrangeira ou doméstica, ou se foi um ato malevolente individual".

Um boletim da inteligência divulgado a policiais incluía uma foto de uma tampa de panela de pressão retorcida e um saco preto rasgado que, segundo o FBI, faziam parte da bomba que explodiu durante a maratona.

Brasil: Copa e Olimpíadas serão seguras, diz Patriota após ataque em Boston

Um funcionário do governo dos EUA, que não quis ser identificado, disponibilizou as imagens à Reuters. O funcionário disse que as fotos foram tiradas pela Força Tarefa Conjunta contra Terrorismo de Boston na cena do crime.

Uma imagem mostra alguns centímetros de fio queimado ligado a uma pequena caixa, e outra retrata um prego de 1,3 cm e um zíper manchado de sangue. Outra mostra uma bateria da marca Tenergy ligada a fios pretos e vermelhos através de uma tampa de plástico quebrada.

Fotos da cena das explosões da Maratona de Boston tirada por investigadores mostram restos das bombas utilizadas. Foto: ReutersFotos da cena das explosões da Maratona de Boston tirada por investigadores mostram restos das bombas utilizadas. Foto: ReutersFotos da cena das explosões da Maratona de Boston tirada por investigadores mostram restos das bombas utilizadas. Foto: Reuters

DesLauriers confirmou que investigadores encontraram pedaços de nylon preto de uma mala ou mochila e fragmentos de pregos, possivelmente contidos em uma panela de pressão. Ele afirmou que os itens foram enviados para o laboratório do FBI em Quantico, Virginia, para análise.

Leia também: Brasileira ficou ferida em ataque em Boston, diz Itamaraty

Explosivos com panelas de pressão são usadas por terroristas internacionais e já foram recomendadas pelo braço da Al-Qaeda no Iêmen. Também foram utilizadas no Afeganistão, na Índia, no Nepal e no Paquistão.

Visita do presidente

Presidente Barack Obama visitará Boston na terça-feira e participará de uma missa em homenagem às vítimas. O governador de Massachusetts, Deval Patrick, também estará presente.

Crime: Explosões na Maratona de Boston deixam ao menos três mortos nos EUA

Horas depois das explosões, Obama prometeu que os responsáveis seriam levados à Justiça

Leia tudo sobre: ataque em bostonbostoneuamaratona de bostonmaratona

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas