Irã sofre terremoto perto de usina nuclear

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Tremor de magnitude de 6,3 deixa ao menos 37 mortos e 850 feridos na região pouco povoada de Kaki; autoridades dizem que não há danos na usina atômica de Bushehr

Um forte terremoto deixou ao menos 37 mortos e 850 feridos ao atingir nesta terça-feira a região pouco povoada de Kaki, a 96 km a sudeste da cidade portuária de Bushehr, que abriga no sul a primeira usina nuclear do Irã, informou a televisão estatal. Autoridades disseram que o tremor não danificou a usina de Bushehr.

Infográfico: Entenda como acontecem os terremotos e tsunamis

EFE/Arquivo
Usina nuclear de Bushehr, no Irã

Saiba mais: Círculo de Fogo do Pacífico é área com mais terremotos no mundo

"Não há danos na usina nuclear", disse À TV o governador provincial Fereidoun Hasanvand, informando que o abalo deixou ao menos 37 mortos e 850 feridos, incluindo cem pessoas que foram hospitalizadas.

O terremoto de magnitude 6,3 aconteceu às 8h52 (horário de Brasília), a uma profundidade de 10 km, informou o Serviço Geológico dos EUA. O tremor foi fortemente sentido no lado oposto do Golfo Pérsico.

Shahpour Rostami, vice-governador da Província de Bushehr, disse à TV estatal que equipes de resgate foram enviadas a Shomneh, o distrito mais danificado da região. Mondani Hosseini, que reside em Kaki, afirmou à Associated Press que as pessoas correram para as ruas por medo.

Dois helicópteros foram enviados para vasculhar a área atingida, disse Mohammad Mozaffar, chefe do departamento de resgate da província. O terremoto foi sentido através do Golfo no Bahrein, Emirados Árabes Unidos e Catar, onde funcionários foram retirados de prédios altos por precaução.

A companhia russa que construiu a usina nuclear, a 18 km ao sul de Bushehr, disse que o terremoto foi sentido lá, mas que as operações na planta não foram afetadas.

"O terremoto de forma alguma afetou a situação normal do reator. Funcionários continuam a trabalhar em regime normal, e os níveis de radiação estão totalmente dentro da norma", disse a agência de notícias estatal russa RIA, citando um funcionário da Atomstroyexport.

Uma moradora de Bushehr disse que sua casa e as casas de seus vizinhos foram abaladas pelo terremoto, mas não danificadas. "Pudemos sentir claramente o tremor", disse Nikoo, que pediu para ser identificada apenas pelo primeiro nome, à Reuters por telefone. "Todas as janelas e lustres tremeram."

A TV estatal não deu detalhes sobre as três vítimas. Milhares de pessoas vivem nas duas aldeias próximas à usina nuclear. Em 2003, cerca de 26 mil foram mortos por um terremoto de 6,6 graus que atingiu a cidade histórica de Bam, no sudeste do Irã.

*Com Reuters e AP

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas