Sobe o número de mortos em colapso de prédio em construção na Tanzânia

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Desmoronamento de edifício de 12 andares na sexta deixou ao menos 19 mortos; estimativas de desaparecidos variam de 30 a 60

Mais dois corpos foram retirados no sábado dos escombros de um prédio em construção de 12 andares que desmoronou na sexta-feira em Dar es Salaam, Tanzânia, elevando para ao menos 19 o número de mortos.

Sexta: Prédio em construção desmorona na Tanzânia

AP
Equipes de resgate da Cruz Vermelha da Tanzânia retiram corpo de escombros de prédio que entrou em colapso no centro de Dar es Salaam, Tanzânia

Por celular: Menino soterrado tenta contato com o pai após desabamento na Tanzânia

Antes de os dois corpos terem sido encontrados, a Cruz Vermelha da Tanzânia divulgou uma nota informando que havia temores de que cerca de 30 pessoas ainda estejam sob os escombros. Segundo o comissário regional Said Siddiq, porém, equipamentos ruins prejudicaram os esforços de resgatar 60 pessoas sob os destroços. Na sexta, 17 sobreviventes, três seriamente feridos, foram retirados do local.

Siddiq também informou que três engenheiros foram detidos para serem questionados pelo incidente no prédio, que estava para ser finalizado em uma das ruas mais movimentadas de Dar es Salaam, que é a maior cidade e o centro econômico da Tanzânia.

Como o prédio não tinha inquilinos, a maioria das pessoas que foram envolvidas no desmoronamento do prédio eram pedreiros, pedestres que passavam no local e crianças que jogavam futebol em um campo vizinho.

Em anos recentes, o colapso de prédios se tornou frequente nos países do leste da África. No vizinho Quênia, especialistas dizem que, por causa da alta demanda por habitações em Nairóbi, alguns empresários de construção frequentemente desconsideram regulamentos para cortar custos e aumentar os lucros.

*Com AP

Leia tudo sobre: tanzâniadesmoronamentodar es salaam

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas