Incêndio mata cinco crianças no norte da França

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Pai tentou alcançar filhos, mas foi impedido por chamas e pediu ajuda; quando emergência chegou, não era seguro entrar no prédio. Outro caso de incêndio deixou mais três mortos

Um incêndio matou cinco crianças em uma casa na cidade de Saint Quentin, a cerca de 150 km a norte de Paris. À TV France-2, Thierry Oberlin, membro da equipe de resgate, disse que o pai das crianças escapou com queimaduras leves do local no fim da noite de sábado e contatou um vizinho, que alertou as autoridades.

Tragédia: Incêndio em fábrica deixa mais de 100 mortos em Bangladesh

Citando fontes locais não identificadas, a mídia francesa informou que as crianças tinham idades entre 2 e10 anos. Informações iniciais indicam que a causa do incêndio é provavelmente acidental.

O fogo começou em Saint-Quentin cerca das 22h30 locais (17h30 em Brasília) de sábado. O pai tomava conta sozinho dos filhos pela primeira vez desde que se separou de sua mulher há três meses, disse um vizinho à mídia francesa.

Brasil: Defensoria Pública pede indenização para famílias das vítimas da boate Kiss

Há informações de que ele tentou alcançar as crianças, mas foi impedido pelas chamas e pulou do primeiro andar da residência para pedir ajuda. Mas, quando os serviços de emergência chegaram, não era seguro entrar no prédio, e os corpos das crianças foram descobertos depois que o incêndio foi extinto. De acordo com o funcionário local Jean-Jacques Boyer, elas morreram por asfixia.

Em um caso separado, outro incêndio durante o fim da noite de sábado no subúrbio parisiense de Aubervilliers deixou três mortos e 13 feridos em um prédio de sete andares em que estavam cerca de 60 pessoas. Dos feridos, quatro estão em estado grave.

Drama: Incêndio em campo de refugiados na Tailândia deixa 35 mortos

Por suspeitarem que, nesse caso, o fogo tenha sido provocado, autoridades lançaram uma investigação. Os que escaparam com vida estão temporariamente abrigados em um ginásio local.

*Com AP e BBC

Leia tudo sobre: françaincêndio

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas