Segundo autoridades, fogo começou com acidente na cozinha; cerca de 30 pessoas ficaram feridas, cinco com gravidade

Ao menos 35 refugiados de Mianmar foram mortos durante incêndio que atingiu acapamento no noroeste da Tailândia na sexta-feira (22), informaram autoridades. 

O chefe do departamento de saúde pública da província de Mae Hong Son, Paisarn Thanyavanichkul, disse que a polícia e as equipes de resgate encontraram 35 corpos após o incêndio no acampamento Ban Mae Surin.

Bangladesh: Tornado deixa 20 mortos e centenas de feridos

Refugiados em acampamento na Tailândia fogem em meio ao incêndio (22/3)
AP
Refugiados em acampamento na Tailândia fogem em meio ao incêndio (22/3)

Segundo ele, cinco pessoas estão gravemente feridas e entre 20 e 30 têm escoriações leves. Um dos refugiados está desaparecido.

A governadora de Mae Hong Son, Naramol Palawat, disse que o fogo destruiu cerca de 100 cabanas no acampamento. Ela  afirmou que as chamas foram provocadas, provavelmente, por um acidente na cozinha de um dos refugiados.

Leia mais: Incêndio em fábrica deixa mais de 100 mortos em Bangladesh

Os bombeiros conseguiram controlar as chamas depois de cerca de duas horas. Aqueles que perderam os seus abrigos foram transferidos para alojamentos temporários.

Cerca de 3,3 mil refugiados, a maioria da minoria Karen, vivem no acampamento. Mais de 100 mil refugiados vivem nos acampamentos tailandeses perto da fronteira com Mianmar. 

Com AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.