Movimento 5 Estrelas busca mandato para governar Itália

Por Reuters | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Terceira força política de eleições que terminaram em impasse em fevereiro, grupo de comediante Grillo pediu nesta quinta a presidente para tentar formar governo

Reuters

O partido Movimento 5 Estrelas, do ex-comediante Beppe Grillo, pediu ao presidente Giorgio Napolitano por um mandato para formar um governo italiano, afirmou nesta quinta-feira uma autoridade do partido.

Perfil: Grillo, populista de cabelos desalinhados, é destino da Itália – e da Europa

AP
Líder do Movimento 5 Estrelas, Beppe Grillo, acena de dentro de carro ao chegar para encontro com o presidente italiano, Giorgio Napolitano

'Não': Terceiro colocado em eleição da Itália rejeita coalizão com centro-esquerda

"O Movimento 5 Estrelas foi o primeiro em número de votos e a principal força política nas últimas eleições. Por essa razão, pedimos permissão oficialmente para formar um governo para iniciar nosso programa", afirmou a líder do partido na Câmara, Roberta Lombardi, após reunião com Napolitano.

O líder do partido no Senado, Vito Crimi, disse que o Movimento tinha proposto uma plataforma de políticas, incluindo um referendo sobre o futuro da Itália no euro, durante a reunião que faz parte de uma série de consultas que o presidente italiano vem realizando para viabilizar a formação de um governo após a inconclusiva eleição do mês passado.

Cenário: 'Empate' em eleições na Itália causa apreensão na Europa

Os dois parlamentares recusaram-se a informar quem seria o candidato do partido para primeiro-ministro. Também nesta quinta, Grillo reiterou que o partido se recusaria a apoiar um voto de confiança a qualquer governo que não seja liderado por seu Movimento 5 Estrelas, diminuindo as perspectivas para a formação de um novo governo.

Fontes: Presidente italiano considera novo governo tecnocrata

"O 5 Estrelas não dará um voto de confiança a um governo político ou pseudotécnico. O 5 Estrelas, em vez disso, votará pelas leis que fazem parte do nosso programa", escreveu o ex-comediante em seu blog, depois do pedido do Movimento a Napolitano.

Um voto de confiança da maioria no Parlamento é necessário para formar qualquer governo. O Movimento 5 Estrelas foi o partido único que recebeu mais votos na eleição, mas ficou atrás das coalizões de centro-esquerda e de centro-direita na votação. Nenhum grupo obteve a maioria necessária no Parlamento para formar um governo.

Após os encontros, Napolitano disse que anunciará na sexta sua decisão sobre os próximos passos no processo de formação de um novo governo para o país. "Preciso revisar minhas ideias sobre qual decisão tomar. Amanhã (sexta-feira) eu as anunciarei e as explicarei", disse.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas