Papa Francisco deve ter quatro eventos na Jornada Mundial no Rio

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Entre os eventos estão pronunciamento e encontro com jovens na praia de Copacabana e missa campal na região de Guaratiba; JMJ ocorre de 23 a 28 de julho

Reuters

O papa Francisco deve ter pelo menos quatro compromissos oficiais no Rio de Janeiro durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em julho, de acordo com o vice-presidente do comitê organizador local do evento, dom Antonio Augusto Duarte.

Terça-feira: Dilma irá ao Vaticano para missa de entronização do papa Francisco

Após a eleição: Papa Francisco celebra missa com cardeais na Capela Sistina

AP
Foto fornecida pelo jornal do Vaticano L'Osservatore Romano mostra papa Francisco celebrando missa com cardeais na Capela Sistina

Primeiro dia: Francisco dispensa carro oficial e reza em basílica de Roma

Habemus papam: Argentino Bergoglio é eleito papa e adota nome de Francisco

O evento, que reunirá milhares de católicos de todo o mundo na cidade, deve marcar a primeira visita do papa argentino à América Latina após sua eleição como pontífice.

O cardeal Jorge Bergoglio foi escolhido papa na quarta, no segundo dia do conclave, tornando-se o primeiro líder da Igreja oriundo das Américas, onde vive quase metade dos cerca de 1,2 bilhão de católicos do mundo.

A presença do papa na JMJ já estava prevista antes da renúncia do agora papa emérito Bento 16, no mês passado. "Ele (Franciso) virá à Jornada Mundial da Juventude porque era um compromisso do papa Bento 16", disse dom Antônio Augusto, que também é bispo auxiliar do Rio.

Primeiro dia: Francisco dispensa carro oficial e reza em basílica de Roma

"Ele pode participar de outros eventos no Rio de Janeiro, e a agenda definitiva só será conhecida após um encontro de dom Orani Tempesta (arcebispo do Rio de Janeiro), que pretende estar com ele o mais breve possível para acertar as datas, ouvi-lo, ver qual o desejo dele, projetos", acrescentou.

Segundo dom Antonio Augusto, o papa Francisco deve fazer um pronunciamento na praia de Copacabana logo no início de sua visita ao Brasil, em 25 de julho.

Veja imagens da eleição do novo papa:

Foto fornecida pelo jornal do Vaticano L'Osservatore Romano mostra papa Francisco celebrando missa com cardeais na Capela Sistina (14/03). Foto: APPor telão na Praça de São Pedro, pessoas acompanham missa inaugural do papa Francisco com cardeais na Capela Sistina, no Vaticano (14/03). Foto: APRecém-eleito papa, Francisco celebra missa com cardeais na Capela Sistina (14/03). Foto: ReutersPapa Francisco celebra sua missa inaugural com os cardeais dentro da Capela Sistina, no Vaticano (14/03). Foto: APBatina do papa recém-eleito Francisco voa com o vento na porta da Basílica de Santa Maria Maior, em Roma (14/03). Foto: ReutersPapa Francisco deposita flores no altar dentro da Basílica de Santa Maria Marior, em Roma (14/03). Foto: APPapa Francisco fala aos fiéis no Vaticano. Ele foi eleito no segundo dia de conclave (13/03). Foto: APFiéis tentam registrar com tablets e celulares o anúncio do novo papa, no Vaticano (13/03). Foto: APFiéis acompanham a primeira benção do papa Francisco 1º (13/03). Foto: ReutersFrancisco 1º é o nome pelo novo papa, o cardeal Jorge Bergoglio, da Argentina. Foto: APProtodiácono francês Jean-Louis Pierre Tauran anuncia identidade do novo papa: cardeal Jorge Bergoglio, da Argentina (13/03/2013). Foto: APCardeal francês Jean-Louis Tauran aparece na janela e diz "Habemus Papam", que significa 'Temos Papa' em latim (13/03). Foto: ReutersFiéis comemoram escolha do novo papa após badalar dos sinos na Praça de São Pedro, no Vaticano (13/03). Foto: ReutersFiéis comemoram escolha do novo papa após badalar dos sinos na Praça de São Pedro, no Vaticano (13/03/2013). Foto: ReutersFiéis aguardam com ansiedade pelo anúncio do nome do novo papa da Igreja Católica na Praça de São Pedro, Vaticano (13/03/2013). Foto: APMultidão celebra após chaminé da Capela Sistina expelir fumaça branca na Praça de São Pedro, no Vaticano (13/03/2013). Foto: APMultidão de fiéis vê fumaça branca saindo da chaminé da Capela Sistina na Praça de São Pedro no Vaticano (13/03/2013). Foto: APFumaça branca sai da chaminé da Capela Sistina, indicando que um novo papa foi eleito (13/03/2013). Foto: APMulher segura terço enquanto espera votação de novo papa no segundo dia do conclave no Vaticano (13/03). Foto: APFumaça preta emerge da chaminé da Capela Sistina na manhã desta quarta-feira no Vaticano. Foto: APVisitantes se reúnem na Praça de São Pedro enquanto os cardeais se reúnem em conclave papal no Vaticano (13/03). Foto: APVisitantes esperam que fumaça saia pela chaminé da Capela Sistina na Praça de São Pedro (13/03). Foto: APHomem descalço ajoelha em prece na Praça de São Pedro durante conclave dos cardeais (13/03). Foto: APFreiras caminham pelas Colunas Bernini na Praça de São Pedro no segundo dia do conclave (13/03). Foto: APPeregrinos carregam cruz através da Praça de São Pedro enquanto cardeais se reúnem em conclave na Capela Sistina (13/03). Foto: APSob chuva, mulher reza na Praça São Pedro, no Vaticano (13/03). Foto: APFumaça preta sai da chaminé na Capela Sistina na Praça São Pedro, Vaticano nesta terça-feira (12/03). Foto: APFeminista é detida por policiais após protestar contra o papa na Praça São Pedro durante o conclave (12/03). Foto: APFiéis aguardam na Praça São Pedro a fumaça saída da chaminé da Capela Sistina (12/03). Foto: APHomem vestido de monge ajoelha na Praça São Pedro enquanto o conclave se inicia na Capela Sistina (12/03). Foto: ReutersPessoas assistem ao início do conclave pelos telões espalhados na Praça São Pedro, no Vaticano (12/03). Foto: APFreira assiste à missa celebrada por Angelo Sodano em telão na Praça São Pedro, no Vaticano (12/03). Foto: APFreiras se reúnem para a eleição do novo papa ao lado de fora da Basílica de São Pedro, no Vaticano (12/03). Foto: APFiéis assistem à missa na Basílica de São Pedro por meio de telões na Praça São Pedro, no Vaticano (12/03). Foto: APCardeal participa da missa que celebra eleição do papa realizada por Angelo Sodano na Capela Sistina, no Vaticano (12/03). Foto: APCardeal brasileiro Dom Odilo Scherer deixa a Basílica de São Pedro após realização de missa (12/03). Foto: ReutersCardeal Peter Turkson, de Gana, participa da missa que abre os trabalhos do conclave na Basílica de São Pedro, no Vaticano (12/03). Foto: ReutersCardeal decano Angelo Sodano celebra missa na Basílica de São Pedro, no Vaticano, antes do início do conclave (12/03). Foto: Reuters

Livro: Dúvidas sobre passado minaram chances de Bergoglio ser papa em 2005

Saiba mais: Entenda acusações contra atuação do papa Francisco na ditadura argentina

O papa deve ter mais três eventos oficiais na passagem pelo país durante a JMJ. Em 26 de julho, deve falar para jovens também na praia de Copacabana, durante a encenação da Via Sacra pela orla.

No dia seguinte, o papa Francisco deve participar de uma vigília na região de Guaratiba, na zona oeste da capital, e depois participar de uma conversas com jovens da JMJ. No domingo, está prevista um missa campal no mesmo local.

Perfil: Saiba quem é Francisco, primeiro papa latino-americano

"Faz parte de todas as jornadas que o papa esteja nesses quatro momentos... é uma tradição dos papas anteriores abrir e fechar as jornadas", acrescentou.

Fontes do governo estadual e da prefeitura disseram que a agenda do papa pode ser estendida na cidade por conta do apelo de Francisco ser o primeiro pontífice latino-americano. As informações, no entanto, não foram confirmadas pela arquidiocese. A Jornada Mundial da Juventude acontece entre 23 e 28 de julho.

Leia tudo sobre: conclavepapa franciscobergogliovaticanoigreja católica

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas