Aeroporto de Frankfurt foi fechado e a lentidão no tráfego bateu recordes na Bélgica, no Reino Unido e na França por causa da queda incomum de neve nesta época do ano

Reuters

Uma tempestade de neve durante a noite no noroeste da Europa provocou o fechamento do aeroporto de Frankfurt, causou congestionamento recorde na Bélgica, paralisou trens de alta velocidade e deixou motoristas britânicos e franceses dormindo em seus carros.

Fevereiro: Tempestade de neve assola Meio Oeste dos EUA e segue para Nova Inglaterra

Pedestre tira foto de uma ponte, no canal St Martin em Paris, França
AP
Pedestre tira foto de uma ponte, no canal St Martin em Paris, França

Mais EUA:  Forte nevasca atinge 20 Estados e pode afetar 60 milhões de americanos

Pousos e decolagens no terceiro maior aeroporto da Europa foram interrompidos nesta terça-feira (12) para a limpeza das pistas. O terminal seria reaberto em seguida. Na França, um avião da Tunisair escorregou na pista ao aterrissar no aeroporto de Orly, provocando o fechamento do segundo principal aeroporto do país enquanto os passageiros eram retirados.

A associação belga para assistência em crises disse que o tamanho total das filas de veículos nas rodovias e estradas principais no horário de pico atingiu 1,67 mil quilômetros, batendo de longe o recorde anterior de 1,28 mil quilômetros, no dia 3 de fevereiro do ano passado.

Leia mais: Neve despejada por tempestade nos EUA chega a quase um metro

Janeiro:  Neve suspende voos nos aeroportos de Londres e Paris

Em uma terça-feira normal, o congestionamento máximo na hora mais movimentada fica em média de 250 a 270 quilômetros. As duas principais estações de trem em Bruxelas foram fechadas.

Os serviços de alta velocidade Eurostar que ligam Londres às capitais francesa e belga, e a linha Thalys que liga Paris, Bruxelas, Amsterdã e Colônia, foram suspensos.  A autoridade de aviação civil da França cancelou 25% dos voos em Charles de Gaulle, em Paris, e 20%, em Orly. O aeroporto de Bruxelas informou longos atrasos e alguns desvios de aviões para Ostend ou Amsterdã.

Frio: Neve atinge Europa e França entra em estado de atenção

Cerca de 80 mil casas no nordeste da França estavam sem eletricidade, de acordo com a operadora da rede de energia ERDF. As mídias sociais estavam cheias de mensagens sobre a queda incomum de neve em meados de março, de até 20 centímetros, e do frio.

O ministro das Relações Exteriores belga, Didier Reynders, disse no Twitter que as negociações do Orçamento seriam adiadas devido ao clima. No sudeste da Inglaterra e norte da França, centenas de motoristas passaram a noite em seus carros.

Mais de 600 pessoas passaram a noite em edifícios públicos, abertos pelas autoridades na região costeira francesa da Normandia para eles. Fortes ventos e acúmulo de neve também causaram caos no trânsito em partes do sul da Holanda.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.