Atentado mata 9 no Afeganistão durante visita de secretário dos EUA

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Bomba foi detonada por suicida em frente ao Ministério da Defesa do Afeganistão, em Cabul

Reuters

Um atentado suicida em frente ao Ministério da Defesa do Afeganistão, em Cabul, deixou nove mortos neste sábado, durante visita do Secretário de Defesa dos Estados Unidos, Chuck Hagel, ao país.

Parwan: EUA transferem controle de mais importante prisão ao Afeganistão

Hagel não estava próximo da explosão, disse uma porta-voz da Força Internacional de Segurança (ISAF, na sigla em inglês), liderada pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Um representante de defesa dos EUA disse que Hagel estava em um local seguro da ISAF.

Uma autoridade do Ministério da Defesa afegão disse que pelo menos nove pessoas, todas civis, morreram. Quatorze pessoas ficaram feridas no ataque, realizado por um homem bomba em uma bicicleta.

Tecnologia: Veteranos de guerra feridos vivem em casas controladas por tecnologia touchscreen nos EUA

O Talibã afegão reivindicou responsabilidade pelo atentado e disse que o ministério era o alvo, e que era um "tipo de mensagem" para Hagel.

A explosão trouxe à tona os desafios de segurança enfrentados pelo Afeganistão em um momento no qual forças da Otan lideradas pelos EUA preparam-se para deixar o país no fim de 2014.

Violência: Caso de mulher que teve língua cortada pelo marido choca Afeganistão

Alguns afegão temem que outra guerra civil possa surgir ou que o Talibã tentará retomar o controle do país, após ter sido expulso do poder por tropas ocidentais.

Leia tudo sobre: afeganistãoEUAEstados Unidosbombaatentadoterroristahomem bomba

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas