Durante encontros, que tiveram início nesta segunda-feira, 'príncipes' da Igreja deve definir data para a votação que definirá sucessor de Bento 16

Cardeais de todo o mundo se reúnem nesta segunda-feira (4) dentro do Vaticano para a primeira rodada de encontros antes do conclave que elegerá o próximo papa. O encontro ocorre em meio a escândalos dentro e fora da Santa Sé e aos reflexos da decisão de Bento 16 de renunciar .

Os chamados "príncipes" da Igreja foram assediados por repórteres e emissoras de televisão enquanto adentravam o Vaticano nesta manhã. "Um papa latino-americano é possível. Tudo é possível", disse o cardeal português José Saraiva Martins.

Leia mais: Sem papa, Igreja Católica aguarda conclave que escolherá novo líder

Dom Odilo: Cardeais influentes apoiariam arcebispo brasileiro para papa, diz jornal

Cardeal brasileiro Odilo Scherer é seguido pelo compatriota cardeal Geraldo Magella Agnelo na chegada ao encontro no Vaticano
AP
Cardeal brasileiro Odilo Scherer é seguido pelo compatriota cardeal Geraldo Magella Agnelo na chegada ao encontro no Vaticano


28 de fevereiro: Pontificado de Bento 16 chega ao fim com retirada da Guarda Suíça

A afirmação do cardeal de Portugal ocorre em meio a especulações de que o nome do arcebispo de São Paulo, cardeal Odilo Scherer, estaria ganhando força como candidato a se tornar o novo papa. A informação foi publicada pelo boletim Vatican Insider, do jornal italiano LaStampa.

Segundo o texto, alguns dos cardeais mais influentes da Cúria Romana, entre eles os italianos Angelo Sodano, decano do Colégio de Cardeais, e Giovanni Battista Re, que presidirá o conclave para a eleição do próximo papa.

Análise: Novo papa vai liderar Igreja ameaçada por escândalos e avanço protestante

Galeria de fotos:  Veja imagens da despedida de Bento 16

O Vatican Insider diz que fontes bem informadas de dentro e de fora do Vaticano afirmam que o grupo de cardeais influentes estaria trabalhando para possivelmente eleger o primeiro papa latino-americano, acompanhado por um secretário de Estado italiano ou argentino de origem italiana.

A reunião desta segunda-feira tem como propósito definir a data do conclave e dar início aos preparativos para seu início, incluindo o fechamento da Capela Sistina aos visitantes.

Bento 16: Dez fatos sobre a 'aposentadoria' do papa emérito

Renúncia do papa: Relembre trajetória de Bento 16 em imagens

Mas a data do conclave pode não ser decidida nesta segunda-feira, uma vez que Sodano disse que essa definição não seria finalizada até que todos os cardeais estivessem em Roma.

O primeiro dia de discussões foi atingido por mais escândalos, como o cardeal escocês Keith O'Brien admitindo má conduta sexual não condizente com um padre, arcebispo ou cardeal.

Na semana passada, O'Brien renunciou como arcebispo de Saint Andrews e Edimburgo e disse que não participaria do conclave depois que quatro homens fizeram acusações de que o cardeal teria agido de maneira inapropriada com eles. Essa foi a primeira vez que um escândalo pessoal afastou um cardeal de um conclave.

Despedida pública: Veja imagens da última audiência geral do papa Bento 16

Separadamente, o Vaticano ainda se recupera de uma série de escândalos envolvendo o vazamento de documentos papais , e a investigação realizada por três cardeais sobre quem estaria por trás disso .

Em uma das últimas audiências antes de renunciar, Bento 16 teve uma reunião com esses cardeais que prepararam o relatório e decidiraram que o dossiê deveria permanecer secreto. Há rumores de que, entre as acusações de corrupção, haveria um caso de lobby gay dentro do Vaticano.

Com AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.