Chávez faz tratamentos complementares 'duros e complexos', diz vice

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Nicolás Maduro afirmou em cadeia nacional que presidente da Venezuela passa por cuidados médicos com 'espírito de batalha'

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, passa por tratamentos "extremamente complexos e duros" após a cirurgia para a retirada de um câncer, disse o vice-presidente do país, Nicolás Maduro, na noite de quarta-feira (13).

Análise: Há dois meses sem Chávez, incerteza e vazio prevalecem na Venezuela

Mensagem: Em carta, Chávez pede que venezuelanos mantenham espírito de combate

AP
Vice-presidente venezuelano, Nicolás Maduro, deu últimas atualizações sobre estado de saúde de Chávez (foto de arquivo)

Estado de saúde: 'Ele está com um sorriso e tem um olhar cheio de luz', diz vice

Essa foi a primeira vez que o governo descreveu nesses termos o tratamento de Chávez após sua mais recente operação. O governo não deu detalhes sobre o tipo de tratamento ao qual Chávez está sendo submetido em Havana mais de dois meses após sua quarta operação desde meados de 2011, depois da descoberta de uma terceira recorrência de câncer.

"Todos vocês sabem que passamos por momentos extremamente complexos em dezembro, vocês se lembram, e em janeiro. Depois, todo o ciclo pós-operatório foi concluído. E hoje nosso comandante está recebendo tratamentos complementares, como dissemos, extremamente complexos e duros", afirmou Maduro em transmissão em cadeia nacional.

Após complicações: Chávez em fase complexa de luta contra o câncer, diz chanceler

"Ele está levando, vamos dizer, assimilando, como ele mesmo diria, o espírito da batalha, mas os tratamentos são complexos... isso deve em algum ponto começar a fechar o ciclo de tratamento de sua doença", afirmou Maduro. "Nós passamos para ele toda essa força e todo amor do povo venezuelano."

Maduro fez o pronunciamento depois de ter voltado na quarta de uma viagem a Cuba, onde Chávez continua a receber cuidados médicos. Maduro disse que tivera uma reunião com os médicos e parentes do presidente. Segundo ele, o irmão mais velho de Chávez, Adan, também retornou de Cuba para Venezuela na quarta-feira.

Brasil: Lula ouve de médicos que Chávez se recupera bem de cirurgia

Mídia: Jornal El País retira 'foto falsa' de Chávez e pede desculpas por erro

Chávez não é visto publicamente desde o dia 10 de dezembro, quando viajou para Havana para realizar a cirurgia.

Venezuelanos que apoiam o governo ou a oposição têm especulado sobre a condição de saúde do líder socialista, uma vez que o governo dá informações vagas o  estado de Chávez.

Nas últimas semanas, as autoridades do governo se mostraram esperançosas pelo retorno de Chávez à Venezuela. Nos seus últimos comentários, entretanto, Maduro não fez nenhuma menção à volta do presidente.

Ameaça: Governo venezuelano denuncia plano para matar vice e chefe da Assembleia

O presidente da Bolívia, Evo Morales, disse em 22 de janeiro que Chávez estava "fazendo uma terapia física" para que pudesse retornar à Venezuela. Morales também afirmou na ocasião que ele esperava ver seu amigo e aliado participando em breve de "eventos internacionais".

O ministro da Informação Ernesto Villegas disse em 26 de janeiro que durante a cirurgia uma "lesão maligna" foi removida de Chávez e que sua recuperação era favorável. Villegas falou que Chávez havia começado um "tratamento médico sistêmico para sua doença".

Com AP

Leia tudo sobre: câncer de chávezchávezmadurocâncervenezuelacuba

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas