Atentados matam ao menos 12 pessoas no norte do Iraque

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Número de mortes por ataques suicidas aumentou com a aproximação das eleições

Reuters

Dois ataques, um suicida com um carro e outro com homens armados mataram pelo menos 12 pessoas em um ponto de controle militar na cidade iraquiana de Mosul, nesta segunda-feira, informaram fontes médicas e policiais. Os atentados aumentaram em um momento de tensões sectárias e étnicas crescente antes das eleições marcadas para abril.

Leia também:
Múltiplos ataques deixam mortos no Iraque
Mortes de civis crescem em ataques 

Um ataque com um veículo ocorreu na cidade a 390 quilômetros ao norte de Bagdá e matou oito pessoas e feriu outras oito, incluindo soldados. "A explosão destruiu tudo. Parece que não havia nada aqui antes da explosão", disse um policial na cena que não quis ser identificado por não estar autorizado a falar com a imprensa.

Em um incidente separado também em Mosul, homens utilizando armas com silenciadores mataram o guarda costas de um membro curdo do conselho provincial da cidade e outras três pessoas, segundo a polícia.

A constante violência no país segue a retirada de tropas norte-americanas no fim de 2011, levando a temores de uma volta nos conflitos sectários que mataram dezenas de milhares de iraquiano em 2006 e 2007.

A possibilidade de eleições provinciais está aumento as divisões eleitorais, à medida que líderes políticos apelam a seus eleitorados com uma retórica frequentemente hostil e pouco comprometida.

Leia tudo sobre: IRAQUEATENTADO

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas