Meio milhão de pessoas marcharam por Paris em 13 de janeiro em oposição à proposta

Reuters

Reuters

O número de pessoas que aprovam a legislação para casamento entre pessoas do mesmo sexo na França subiu apesar de grandes protestos no início deste mês contra as reformas planejadas pelo governo, mostrou uma nova pesquisa do instituto Ifop encomendada por um site de notícias francês.

Vista da Torre Eiffel, em janeiro, mostra manifestantes parisienses contra plano de legalizar o casamento gay
AP
Vista da Torre Eiffel, em janeiro, mostra manifestantes parisienses contra plano de legalizar o casamento gay

A proporção de entrevistados que apoiam a mudança na lei subiu para 63% ante os 60% no início de janeiro e em dezembro.

O apoio ao direito de casais gays adotarem crianças também subiu 3 pontos percentuais, embora o país permaneça dividido nesta questão, com 49 por cento a favor, de acordo com a pesquisa.

Leia também - Centenas de milhares protestam contra o casamento gay na França

O governo francês reforçou sua determinação de pressionar por uma reforma na lei no início deste mês, mesmo depois que quase meio milhão de pessoas marcharam por Paris em 13 de janeiro em oposição à proposta.

A pesquisa mais recente do Ifop ouviu 1.026 pessoas de mais de 18 anos e foi realizada entre 22 e 24 de janeiro.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.