Coreia do Norte ameaça retaliação se Coreia do Sul participar de sanções

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Norte coreanos anunciaram a intenção de realizar o terceiro teste nuclear de sua história

Agência Brasil

A Coreia do Norte ameaçou nesta sexta-feira (25) retaliar a Coreia do Sul se Seul participar diretamente das sanções impostas pelo Conselho de Segurança da Nações Unidas contra o país devido ao lançamento de um foguete de longo alcance.

Ontem (24), a Coreia do Norte anunciou que irá realizar o terceiro teste nuclear em resposta ao endurecimento de sanções por parte da Organização das Nações Unidas (ONU) e testar também foguetes com capacidade para atingir o que chamou de seu "inimigo", os Estados Unidos.

Leia mais - Coreia do Norte planeja terceiro teste nuclear e admite ter EUA como alvo

O anúncio coincidiu com a visita à Coreia do Sul do negociador americano para a península coreana, Glyn Davis. Os norte coreanos não especificaram quando pretendem realizar os testes.

Insatisfeito com o anúncio de ontem, o governo da China, único país aliado da Coreia do Norte entre as grandes potências mundiais, disse que irá reduzir o auxílio econômico à nação em caso de realização de novo teste nuclear.

Depois de testes nucleares feitos pelos norte-coreanos em 2006 e 2009, o país foi submetido a uma série de restrições por parte da comunidade internacional. A Coreia do Norte está proibida de comercializar qualquer material nuclear e militar, assim como fazer testes nas duas áreas.

Leia tudo sobre: coreia do nortecoreia do sulteste nuclearretaliaçãoEUA

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas