Incêndio só foi apagado cinco dias depois porque os gases tóxicos liberados na combustão atrasaram a operação dos bombeiros

BBC

BBC

Um túnel foi fechado na Noruega por causa um carregamento de queijo que pegou fogo por cinco dia. Cerca de 27 toneladas de queijo de cabra caramelizado - uma iguaria conhecida como Brunost – se incendiaram na última quinta-feira quando estavam sendo transportadas pelo túnel Brattli em Tysfjord, no norte do país.

Leia também: Massacre da Noruega completa um ano com homenagens às vítimas

Açúcar e gordura em grande quantidade causaram queima do carregamento de queijo
Ranveig / Wikimedia Commons
Açúcar e gordura em grande quantidade causaram queima do carregamento de queijo

O incêndio só foi apagado na segunda-feira, porque os gases tóxicos liberados na combustão atrasaram a operação dos bombeiros, segundo fontes locais. O túnel, que teria sido seriamente danificado, deverá permanecer fechado por diversas semanas.

"Não podemos entrar até que seja seguro", disse o geólogo Viggo Aronsen à rádio norueguesa NRK.

O policial Viggo Berg disse que a alta concentração de gordura e açúcar no queijo fez com que ele queimasse "quase como petróleo quando esquenta o suficiente".

O motorista do caminhão percebeu o incêndio e abandonou veículo a cerca de 300 metros da entrada sul do túnel. O incidente não deixou feridos.

Kjell Björn Vinje, da Administração de Estradas Públicas da Noruega, disse que é a primeira vez que ele viu queijo pegar fogo nas estradas do país.

"Eu não sabia que queijo marrom queimava tão bem", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.