Número de mortos por tempestade de inverno aumenta para 15 nos EUA

Fenômeno provocou fortes ventos e nevascas que, além de prejudicarem as viagens no feriado, deixaram centenas de casas sem energia

iG São Paulo | - Atualizada às

O número de mortos por uma poderosa tempestade de inverno , que passou pela parte central dos EUA e chegou ao nordeste despejando 30 centímetros de neve em algumas partes do país, aumentou para 15. O fenômeno levou neve ao nordeste e chuva e ventos para a área costeira, deixando milhares sem energia.

Leia também: Tempestade se desloca para leste dos EUA

AP
Caminhão estaciona em acostamento de estrada de Ohio durante forte tempestade de neve (26/12)

Saiba mais: Nevasca no meio-oeste americano ameaça viagens no Natal

A neve mais pesada caía nesta quinta na Pensilvânia, Nova York e Nova Inglaterra, informou o Serviço Nacional de Meteorologia. O serviço prevê de 30,5 a 46 centímetros de neve para Nova Inglaterra após a tempestade se mover para o nordeste, saindo da região mais baixa dos Grandes Lagos, onde deixou mais de 30,5 centímetros de neve em áreas do Michigan.

Milhares de viajantes tentavam chegar em casa nesta quinta depois de a tempestade tê-los deixados presos nos aeroportos ou na casa de parentes ao redor da região de Nova York, Filadélfia e Boston, as três maiores cidades da costa leste. Alguns voo foram atrasados na Filadélfia e no aeroporto de La Guardia, em Nova York, mas o tempo úmido e com vento não causou atrasados em outros grandes aeroportos da região.

As empresas aéreas cancelaram perto de 700 voos na quinta-feira, depois que 1.500 voos foram cancelados na quarta-feira, segundo a FlightAware.com, um site que rastreia voos.

Um jato da Southwest Airlines derrapou na pista do aeroporto Long Island MacArthur, a cerca de 80 quilômetros a leste de Nova York, enquanto taxiava para decolar, disse a polícia do Condado Suffolk. Nenhuma das 134 pessoas a bordo do voo para Tampa ficou ferida, acrescentou a polícia. "Não foi determinado neste momento se o clima foi um fator", disse um porta-voz da polícia.

Funcionários em Indiana disseram que um homem e uma mulher foram mortos quando a scooter que dirigiam saiu do controle em uma rua com neve na quarta-feira, fazendo-os ser atingidos por uma picape. Outras mortes incluem um homem morto em um acidente de carro na Pensilvânia e outras duas pessoas mortas em batidas na Virgínia.

A tempestade despejou neve recorde no norte do Texas e Arkansas antes de varrer o sul dos EUA no dia de Natal e, em seguida, rumar para o Norte. O sistema estimulou tornados e deixou quase 200 mil sem energia no Arkansas e Alabama na quarta.

AP
Nevasca atinge Newark, em Nova Jersey (26/12)

Ao atingir a região central dos EUA, a tempestade provocou fortes ventos e nevascas que deixaram centenas de casas sem energia. Vários motoristas ficaram presos nas rodovias por causa da neve e rajadas da nevasca de 48 km/h cobriram as estradas e causaram acidentes.

*Com AP e Reuters

    Leia tudo sobre: euanevascanevetempestade de inverno

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG