Vulcão Copahue reduz atividade, diz Chile

Coluna de fumaça, que no fim de semana chegou a 1,5 km de altura, caiu para 200 metros

iG São Paulo |

O ministro de Mineração do Chile, Hernán de Solminihac, informou nesta segunda-feira que o vulcão Copahue, de 2.965 metros, diminuiu suas atividades nas últimas horas, após ter expelido fumaça durante o fim de semana.

"As informações do Observatório Vulcanológico indicam que as atividades durante a madrugada foram de normais a baixas", disse Solminihac. Segundo ele, "a coluna de fumaças, que ontem (domingo) chegou a 1,5 quilômetro de extensão, durante a noite se reduziu para 200 metros".

Sábado:  Erupção de vulcão deixa Chile e Argentina em alerta

Domingo: Chile decreta alerta vermelho por vulcão Copahue, mas descarta retirada

O escritório nacional de emergências do Chile (Onemi) chegou a decretar alerta vermelho por causa do aumento das atividades do vulcão, mas descartou a possibilidade de retirada, enquanto a Argentina elevou o alerta para laranja diante da presença de lava na boca da cratera do maciço na fronteira entre os dois países, informaram autoridades binacionais.

Na noite de sábado, equipes de monitoramento detectaram uma atividade sísmica contínua e observaram uma incandescência na cratera, o que poderia indicar fluxos de lava pelas encostas do vulcão situado na região de Biobío.

O vulcão fica bem na linha fronteiriça na cordilheira dos Andes entre Chile e Argentina, mas a cratera de onde saem as emanações está voltada para o lado argentino.

*Com Ansa e AFP

    Leia tudo sobre: argentinachilevulcãovulcão copahue

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG